Por que os novos traders realmente têm problemas

A maioria dos novos traders perdem sua conta inicial em menos de seis meses porque não possuem boas ferramentas de gerenciamento de risco ou métodos de negociação quando começam a negociar. A maioria deles não chega ao quarto ano em trading.

Analisaremos alguns dos erros mais comuns que os novos traders cometem e algumas dicas para que novos traders não caiam no comum.

#1. Negociando com emoções 

O sucesso do seu caminho de negociação será determinado pela sua psicologia de negociação e capacidade de lidar com emoções.

Alguns traders, por mais inteligentes que sejam, são incapazes de lidar com o estresse da negociação e são vítimas da tomada de decisões emocionais. Fazer julgamentos precipitados com base em medo, decepção, ódio, otimismo extremo ou ganância é uma das coisas mais perigosas que você pode fazer a si mesmo como trader.

Seguir seu plano de negociação é a melhor maneira de manter suas emoções sob controle. Tenha sempre em mente os fatores e pesquisas que levaram à sua decisão de negociação. Manter um caderno de negociação também pode ajudá-lo a gerenciar suas emoções em relação à negociação. Pontos de entrada e saída, bem como uma saída de emergência, devem ser incluídos em todos os planos de negociação caso algo dê errado e você precise preservar seu capital.

#2. Negociações excessivas

Overtrading

O overtrading é, sem dúvida, um dos erros de negociação mais comuns que os novos traders cometem.

Alguns traders monitoram 20 gráficos, 10 pares de moedas diferentes e executam 100 negócios por dia. Eles premiam o número de negociações ao invés da qualidade, quando deveria ser o contrário.

A negociação é semelhante a um esporte radical, pois exige toda a sua energia, foco e habilidade, e você pode ter que se esforçar para 120% às vezes. O descanso é uma parte importante da negociação eficaz, assim como nos esportes.

Negociar mais do que o mercado permite não é uma boa ideia. Nunca persiga oportunidades de negociação no mercado e não fique chateado se você perder uma negociação cinco estrelas. Haverá mais delas no futuro.

Defina suas diretrizes de negociação e inclua seus intervalos e períodos de relaxamento. Seja paciente, espere a oportunidade certa e agarre-a.

#3. Má gestão de risco 

Ao negociar nos mercados financeiros, o gerenciamento de risco é um dos aspectos mais importantes a serem entendidos. Infelizmente, a maioria dos novos traders ignora os conceitos de gerenciamento de risco até que aprendam a necessidade de gerenciamento de risco da maneira mais difícil — perdendo seus fundos.

Determine seus índices de risco por negociação e de recompensa para risco para cada transação antes de colocá-la e certifique-se de que eles estejam alinhados com seu plano de negociação.

Como medida de risco por negociação, use uma porcentagem definida de sua conta de negociação — na maioria das vezes, arriscando cerca de 2% de seus fundos em cada negociação. Certifique-se de que você está arriscando menos do que seus ganhos potenciais em relação às taxas de recompensa para risco.

Para que a negociação seja menos arriscada, o gerenciamento de risco é essencial. Qualquer estratégia de negociação deve incluí-la como um componente vital e bem pensado.

#4. Negociação contra a tendência

“A tendência é sua amiga”, você provavelmente já ouviu antes. Negociar na direção da tendência pode ser muito benéfico para iniciantes, pois as tendências podem ser altamente persistentes nos mercados.

Muitos novos traders procuram transações rápidas contra a tendência geral na esperança de encurtar o topo ou o fundo de um mercado de alta ou baixa.

Mesmo para traders experientes, capturar os altos e baixos dos movimentos de alta e baixa é difícil e arriscado. Os negociadores inteligentes geralmente compram na alta e vendem mais alto, em vez de vender na baixa e na alta.

Mesmo que você tenha lido e digerido os melhores livros para novos traders, aproveitar pequenas ondulações durante oscilações de contra-tendência é significativamente menos produtivo do que seguir a multidão e surfar nas ondas de uma tendência.

Conclusão 

A negociação é uma ciência, bem como uma arte. É uma ciência porque obter bons resultados requer a adesão a padrões. É uma arte porque os mercados mudam o tempo todo, e as regras que funcionaram ontem podem não funcionar amanhã.

Usar essas dicas pode não garantir uma jornada de negociação à prova de falhas, mas elas ajudarão você a minimizar seus problemas.
Por fim, certifique-se de usar os melhores aplicativos para novos traders ao negociar e aprenda a negociar com inteligência.

Compartilhar
Copiar link
Link copied
ARTIGOS RELACIONADOS
4 min
Como conseguir uma mindset pró riscos
4 min
Como a negociação emocional pode te destruir – Dicas para evitá-la
5 min
Como desenvolver a psicologia de negociação correta
3 min
Objetividade: planejar as negociações da maneira certa
4 min
Porque negociar é mais difícil do que você pensa: 5 armadilhas nas quais você definitivamente cairá
4 min
7 coisas que traders profissionais fazem