Qual é a melhor maneira de investir em fundos mútuos

Quanto mais baixas as taxas dos depósitos bancários caem, mais as pessoas correm para o mercado de ações. Os investimentos em fundos mútuos são considerados a ferramenta ideal adequada para seu primeiro contato com investimentos. Eles são especialmente populares entre usuários iniciantes e experientes devido à sua segurança, embora tudo dependa do prazo de investimento.

Aqueles que investiram dinheiro em fundos mútuos estão segurados contra a perda da maior parte dos depósitos, mas, por outro lado, os rendimentos dos depositantes são tão insignificantes que, com o tempo, são consumidos pela inflação. Isso significa que eles serão úteis para aqueles que desejam contribuir com dinheiro para programas de curto prazo. É isso que vamos discutir hoje!

A teoria da Onda de Elliot do fluxo de moeda: o que todo trader deve saber

A ferramenta de investimento mais popular na história da humanidade é o ouro. Este é o único ativo que vem crescendo de preço ao longo do tempo.

O que é um fundo mútuo em termos simples?

O conceito de fundo mútuo é extremamente simples — é um portfólio de ativos formado pelo agrupamento de fundos de um grande número de depositantes. As contribuições iniciais em alguns deles variam de US$ 300 a US$ 500 e, após a abertura de uma conta, os investimentos subsequentes podem ser adicionados em qualquer valor.

Independentemente da estratégia e dos objetivos de investimento, as corretoras e as sociedades de investimento atuam como fundadoras de um fundo ou grupo de fundos. Para conveniência dos fundadores, seus fundos são facilmente transferidos dos títulos de uma empresa para os títulos de outra, sem nenhuma comissão.

Como funcionam os fundos mútuos?

O princípio de funcionamento dos fundos mútuos é baseado na cooperação mutuamente benéfica entre o investidor e a administração do fundo. Os depositantes contribuem voluntariamente com dinheiro para receber renda ou preservar seus fundos disponíveis e os comerciantes os utilizam para comprar títulos, ações de diversas empresas e títulos do governo, formando assim uma carteira de investimentos. O investidor recebe um documento confirmando seu direito de participar do valor da contribuição realizada.

Quais são os objetivos dos fundos mútuos?

Leis de mercado: lucros e riscos

Todos os fundos mútuos operam com quase o mesmo princípio e perseguem os mesmos objetivos. Eles são formados por uma empresa de investimento que vende suas ações para depositantes, após o que investe os recursos recebidos em carteiras de títulos (geralmente em carteira de fundos mútuos). Ao combinar os fundos dos depositantes em uma carteira, o chefe da empresa pode diversificar os investimentos comprando títulos e ações do fundo.

7 mitos na negociação que você provavelmente acha que são verdadeiros
É hora de quebrar mitos sobre o trading! Alguns deles estão tão próximos da verdade que você nunca imaginaria que são apenas equívocos populares.
Ler mais

Quais tipos de fundos mútuos são os mais populares hoje? 

A melhor maneira de investir em fundos mútuos é descobrir qual opção se adequa aos seus objetivos. Atualmente, os especialistas identificam os seguintes tipos de fundos:

Go
Clique em Girar e deixe a roda escolher seu artigo do dia!
10 fatos interessantes sobre os mercados financeiros do século 21
  1. Fundos criados para aumentar o capital. Tais instituições se especializam na compra de títulos cujo preço deverá crescer rapidamente. As empresas que emitem tais ações investem todos os recursos que recebem em seu desenvolvimento, não pagando dividendos aos seus acionistas. Investir em tais ações é um risco sério, mas potencialmente justificado. Se a empresa se desenvolver e se tornar bem-sucedida, o capital pode aumentar várias vezes. 
  2. Fundos cuja finalidade é aumentar a renda. Eles estão envolvidos na compra de ações de empresas que pagam os maiores dividendos ou uma porcentagem dos lucros. As flutuações no preço desses títulos são de importância secundária. 
  3. Fundos criados para crescimento de capital e renda. Eles têm uma estratégia segundo a qual seus traders procuram ações de empresas que pagarão dividendos aos investidores, mas ao mesmo tempo aumentarão em valor.
  4. Um fundo equilibrado. É uma organização com uma estratégia de negociação flexível. Vende e compra ações de empresas na bolsa de valores, dependendo da situação atual do mercado. Em uma crise financeira, a administração de uma instituição pode decidir transferir alguns títulos para outros, por exemplo, ações para títulos.

A classificação dos fundos mútuos pressupõe que os depositantes investem em diferentes instrumentos — títulos, ações, híbridos, empresas de investimento em commodities e fundos do mercado monetário.

Funções dos fundos mútuos e suas principais características

Vamos destacar os seguintes pontos importantes:

  • as cotas de fundos mútuos são resgatáveis
  • os investidores compram as cotas do fundo na própria organização (ou através da corretora do fundo), sendo impossível comprá-las de investidores no mercado secundário
  • a venda de cotas de fundos mútuos ocorre de forma contínua

É difícil ignorar a importância dos fundos mútuos hoje em dia, pois é uma ferramenta fundamental para quem deseja receber uma renda adicional. É importante lembrar que a escolha certa de fundos mútuos pode permitir que você proteja suas economias e receba um lucro passivo estável também!

Curtir
Compartilhar
Copiar link
Link copiado
ARTIGOS RELACIONADOS
4 min
O que é Dow Jones?
6 min
O que é o índice de medo e ganância?
4 min
Os fundamentos de ações e como eles funcionam
4 min
O que é um fundo de hedge?
6 min
Onde investir $100, $500 e $1.000?
4 min
Você deveria investir em ETFs?

Abrir esta página em outro app?

Cancelar Abrir