Qual é o melhor prazo para sua negociação?

Os traders têm teorizado sobre o melhor momento para negociar há décadas. As teorias, que parecem mais títulos de filmes do que fenômenos sérios (Efeito Segunda-feira, Efeito Semana-Quatro, Efeito Janeiro), foram amplamente refutadas. Mas, para ser justo, o efeito do dia da semana é verdadeiro.

Os retornos diários anormais médios de um único dia são estatisticamente significativos, e o melhor dia é sexta-feira

No entanto, o melhor dia e o melhor prazo para negociação não são exatamente os mesmos. E como não há evidências concretas sobre qual período de tempo oferece os maiores retornos, os traders ficam para especular. Continue lendo para ver quais prazos são adequados para diferentes estilos de negociação.

Prazos mais baixos 

Exemplos: M1 (1 minuto), M5 (5 minutos), M15 (15 minutos)

Funciona melhor para: scalpers, traders intradiários

Períodos médios de retenção: 15-20 minutos, 40-50 minutos

Geralmente, há mais oportunidades disponíveis em prazos menores, o que significa que você pode ganhar experiência e ver os resultados de suas ações com bastante rapidez. Lembre-se de que há grandes diferenças entre períodos mais curtos — por exemplo, com gráficos de 15 minutos, você terá mais tempo entre os pontos de dados do que com intervalos de 1 minuto.

Como qualquer período de negociação intradiária é acelerado por natureza, esse estilo está associado a mais estresse. Você pode sentir a pressão constante para tomar as decisões certas. Talvez você se emocione ao ver os retornos e as perdas irem e virem em um curto espaço de tempo. Afinal, o escalpelamento não é para todos.

Prazos intermediários 

Exemplos: H1 (1 hora), H4 (4 horas)

Funciona melhor para: swing intraday, swing traders

Períodos médios de retenção: 8-10 horas, 32-40 horas

Muitos iniciantes podem achar que um período de negociação diária mais longo funciona melhor para eles. H1 e H4 são geralmente considerados prazos nem muito curto nem muito longos, deixando mais tempo para tomada de decisões, mas também oferecendo inúmeras oportunidades de negociação. Além disso, há uma boa chance de trabalhar com combinações de velas, o que significa uma boa quantidade de prática em relação à análise técnica.

A negociação de ritmo médio é menos intensa emocionalmente. Embora este estilo de negociação seja mais demorado. Você poderá avaliar a situação somente após o fechamento de outra vela, o que levaria uma hora inteira ou mais.

Prazos mais altos

Exemplos: D1 (1 dia), W1 (1 semana)

Funciona melhor para: swing, traders de posição

Períodos médios de retenção: 8-10 dias, 8-10 semanas, 8-10 meses

Aqui, os movimentos de preços demoram muito mais para se desenvolver, oferecendo ainda mais tempo para determinar os méritos de uma determinada negociação e identificar possíveis desvantagens. Se você está procurando um período de tempo para negociação de ações consistente e de baixa frequência, provavelmente está entre D1 e H1. Há também prazos mensais, embora sejam usados ​​com muito menos frequência.

Além disso, prazos mais longos oferecem mais espaço para riscos calculados. Como o movimento de alcance médio é maior, alvos mais amplos devem compensar uma perda de parada mais ampla.

As principais desvantagens são que você terá que esperar muito tempo antes que suas negociações se materializem e que haverá menos pontos de entrada favoráveis ​​​​para negociações.

Análise de vários prazos 

Alguns traders usam vários prazos para detectar oportunidades de negociação. Em outras palavras, eles monitoram o mesmo ativo (ações, par de moedas, etc.) em diferentes gráficos.

Não há um período de tempo usado para negociação mais popular, mas existem combinações populares, como negociar em um gráfico de 15 minutos, enquanto usa um gráfico de 4 horas para filtrar e confirmar negociações. Em última análise, você não tem limites no número de prazos que pode usar. Mas se você não estiver em um nível avançado, é melhor ficar com dois ou três gráficos por negociação. Além disso, você pode descobrir que usar mais prazos fornece uma análise redundante.

Para selecionar o prazo correto para três períodos, alguns seguem uma “regra de quatro”. Primeiro, você determina um período de médio prazo, que é aproximadamente quanto tempo você planeja manter a negociação. Então, seus períodos mais curtos e mais longos serão calculados como um quarto ou quatro vezes maior que o período intermediário, respectivamente. Por exemplo, para um gráfico intermediário H1, você pode usar M15 e M240.

Este pode ser um ótimo exercício para se orientar em diferentes períodos do gráfico.

Resumo e comparação 

A tabela abaixo pode ajudá-lo a identificar seu prazo de negociação perfeito. Lembre-se de que essas são características típicas e você pode ter uma experiência diferente de negociação nesses prazos.

RítmoTamanho da posiçãoFocoRequisito de capital
Prazos curtosRápidoGrandeMáximoO menor
Prazos MédiosEstávelMenorAltoO maior
Prazos LongosDescontraídoO menorMínimoO maior

Se você ainda não tiver certeza de qual escolher, considere negociar ativos diferentes em prazos diferentes. Você verá qual você gosta mais ou continuará combinando-os sem ter que escolher nenhum deles.

Pronto para avançar? Transforme os novos conhecimentos deste artigo em progresso da sua negociação
Acessar a Binomo

Compartilhar
Copiar link
Link copied
ARTIGOS RELACIONADOS
4 min
O que é a análise técnica dos mercados financeiros?
6 min
Como ler gráficos de ações para iniciantes
5 min
Como construir e ler gráficos Heikin Ashi
3 min
Trends and flats: what’s the difference and how to use them in trading?
5 min
Como ler gráficos de velas
5 min
Velas Heikin Ashi: um guia para iniciantes