O que é desenvolvimento sustentável?

Para muitos, a sustentabilidade tem tudo a ver com ser ecologicamente correto. Por exemplo, você pode ouvir que uma torneira pingando com uma gota por segundo desperdiça 165 galões ou 750 litros por mês – tanta água quanto uma pessoa comum usa em duas semanas. Mas se você consertar todas as suas torneiras e até mesmo começar a reciclar, isso mal cobrirá um terço do que a sustentabilidade realmente significa.

7 armadilhas comuns do empreendedorismo

Vamos nos aprofundar e explorar a sustentabilidade em um sentido mais amplo.

História do conceito e princípios do desenvolvimento sustentável

O desenvolvimento sustentável tem suas raízes no manejo florestal sustentável, apresentado pela primeira vez por John Evelyn. Durante os séculos XVII e XVIII, a Inglaterra tomou conhecimento do esgotamento dos recursos madeireiros no país. E em um ensaio de 1662, Evelyn argumentou que cada proprietário tinha que ser responsável pelo plantio de árvores e por impedir a superexploração destrutiva dos recursos naturais.

Mas foi somente em 1987 que a definição de desenvolvimento sustentável foi oficializada. No relatório Nosso Futuro Comum (o Relatório Brundtland), a Comissão Mundial das Nações Unidas sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento incluiu o seguinte:

“Desenvolvimento sustentável é o desenvolvimento que atende às necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras de atender às suas próprias necessidades.”

Três pilares do desenvolvimento sustentável

Como gerir uma empresa familiar: 7 regras de ouro

Exemplos de objetivos de desenvolvimento sustentável se enquadram em uma das seguintes categorias.

1. Sustentabilidade ambiental

Objetivo 13: Tomar medidas urgentes para combater as mudanças climáticas e seus impactos

O pilar ambiental baseia-se no compromisso com a conservação ambiental, energias renováveis, economia de água e mobilidade, construção e arquitetura sustentáveis. As metas desta categoria visam reduzir os riscos e medir o impacto ambiental das atividades humanas.

Para seguir os princípios da estabilidade ambiental, as pessoas devem deixar de contribuir para:

  • O aumento sistemático na extração e processamento de recursos naturais, especialmente os da terra, como combustíveis fósseis (petróleo, gás e carvão), rochas e minerais
  • A degradação sistemática de processos naturais, como desmatamento, pesca predatória e perda de habitat da vida selvagem
  • O aumento sistemático na criação de recursos tóxicos, como plásticos e produtos químicos

2. Sustentabilidade social

Objetivo 4: Garantir uma educação de qualidade inclusiva e equitativa e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos

As características da economia indiana: uma breve visão geral

A sustentabilidade social visa criar uma sociedade que não prejudique sistematicamente a capacidade das pessoas de atender às suas necessidades básicas. As necessidades humanas básicas, que transcendem todos os tempos e culturas, são definidas como:

  • Subsistência (comida, abrigo, trabalho)
  • Carinho (amizades, família)
  • Proteção (segurança social, sistemas de saúde)
  • Participação (responsabilidades, deveres, direitos)
  • Compreensão (literatura, políticas, educação)
  • Identidade (religião, idioma, costumes, valores, normas)
  • Criação (habilidades, habilidades)
  • Lazer (jogos, festas, tranquilidade)
  • Liberdade (direitos iguais)

As questões abrangidas pela sustentabilidade social incluem desenvolvimento comunitário, direitos humanos, diversidade cultural, saúde e bem-estar, desenvolvimento da força de trabalho, comércio ético e muito mais.

3. Sustentabilidade econômica

Objetivo 8: Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos

Os dois pilares anteriores não podem acontecer sem repensar a economia. Conceitos aparentemente não relacionados, como tributação e financiamento corporativo, estão ligados a questões ambientais e sociais.

Em outras palavras, a economia tem um enorme impacto sobre a eficácia com que as pessoas podem seguir todos os princípios de sustentabilidade. E é importante que as empresas obtenham lucros de uma maneira que respeite e defenda os outros dois pilares.

10 sinais de que você pode ser um empreendedor

As atividades sob o pilar econômico incluem conformidade governamental e corporativa, gerenciamento de risco, práticas contábeis justas e muito mais. Alguns dos princípios já se tornaram parte integrante da Responsabilidade Socioambiental Corporativa (CSER), mas ainda não são o padrão global.

Os 7 melhores presentes para um day trader
Confira nossa seleção para traders! São presentes bastante úteis que qualquer pessoa prática iria gostar.
Ler mais

A importância do desenvolvimento sustentável nos negócios

A sustentabilidade nos negócios é boa para o próprio negócio. Em primeiro lugar, também protege a marca e mitiga riscos. Práticas impróprias – como um derramamento de óleo ou condições de trabalho inseguras – podem prejudicar a reputação de uma organização e prejudicar seus resultados financeiros.

Ser orientado por propósitos também dá às empresas uma vantagem competitiva. Melhora a eficiência operacional, atrai uma força de trabalho motivada e qualificada e ajuda a atender às crescentes demandas dos consumidores. Apenas tenha em mente que, se você parecer mais ecologicamente correto ou socialmente consciente sem agir, provavelmente criará o efeito oposto.

Desafios para melhorar a sustentabilidade nos negócios

Como o metaverso pode mudar o trabalho

Estas são as principais barreiras que as empresas enfrentam, especialmente as de menor porte:

  • Falta de recursos: muitas empresas não têm tempo e dinheiro para implementar estratégias sustentáveis. Mas, em vez de se concentrar em coisas que não podem fazer, as empresas podem aplicar pequenas mudanças e fazer mudanças acessíveis.
  • Falta de planejamento: As iniciativas sustentáveis são muitas vezes complexas e esmagadoras. Se for esse o seu caso, reduza seus esforços a uma ou duas questões-chave nas quais você pode ter o maior impacto.
  • Falta de pensamento de longo prazo: A ação de curto prazo oferece ganhos rápidos. Mas negócios sustentáveis ​​devem equilibrar ações de curto e longo prazo, mesmo que raramente garantam retornos imediatos.

Se o desenvolvimento sustentável se concentra no futuro, perdemos agora?

Não necessariamente. É verdade que seguir os princípios do desenvolvimento sustentável é um grande ajuste. Pode ser inconveniente e caro, especialmente nos primeiros estágios.

10 principais tendências globais de consumo para 2022

No entanto, vale a pena encontrar melhores maneiras de fazer as coisas e levar em conta a satisfação das necessidades das gerações atuais. Isso inclui não apenas os benefícios de longo prazo, mas também os de curto e médio prazo. Por exemplo, o consumo de energia sustentável economiza dinheiro e a mudança para caminhada ou ciclismo melhora a saúde.

De modo geral, o desenvolvimento sustentável consiste em tomar pequenas ações coletivamente, que resultarão em mudanças reais.

Compartilhar
Copiar link
Link copiado
ARTIGOS RELACIONADOS
5 min
Os 12 produtos mais vendidos do mundo
4 min
7 dicas simples sobre como tornar um negócio mais sustentável
3 min
5 piores maneiras pelas quais pequenas empresas desperdiçam dinheiro
3 min
O que é diligência prévia
6 min
Como iniciar um negócio?
4 min
Como se tornar um empreendedor?