A principal diferença entre os mercados primário e secundário

Os mercados de títulos primários e secundários oferecem aos investidores muitas oportunidades de ganhos. Ao mesmo tempo, o retorno do investimento depende não apenas da quantidade de recursos investidos, mas também da disponibilidade de conhecimento econômico, da capacidade de analisar a situação e compreender a dinâmica geral. É preciso ter noção das sutilezas de trabalhar na bolsa e das características de um investimento competente.

A teoria da Onda de Elliot do fluxo de moeda: o que todo trader deve saber

O mercado primário é aquele onde novos títulos são colocados, e o secundário é onde os títulos são revendidos. No mercado primário, surgem relações econômicas entre o emissor e os investidores relacionadas à emissão e posterior colocação de ativos. A negociação ocorre na bolsa de valores, aonde os ativos chegam imediatamente após a emissão. Nesse sentido, assemelha-se a um mercado de commodities, onde o comprador compra a mercadoria “em primeira mão”, ou seja, do fabricante.

Você sabia que Ronald Wayne, que cofundou a Apple junto com Steve Wozniak e Steve Jobs, vendeu sua participação de 10% da empresa no mercado secundário por US$ 800 em 1976? Hoje, seus 10% das ações da gigante de Cupertino valeriam US$ 35 bilhões.

Vamos dar uma olhada nas definições desses conceitos e aprender sobre suas principais funções. 

Definição de mercado primário: o que é um mercado primário no investimento moderno?

O mercado primário de valores mobiliários é o mercado onde os emissores vendem valores mobiliários aos investidores. Para dar uma definição mais precisa, este é o mecanismo de emissão e colocação inicial de títulos.

Como resultado da venda de ações e títulos no mercado primário, o emissor recebe os recursos necessários e os títulos são liquidados nas mãos dos compradores originais. Todas as outras transações com títulos formam um mercado secundário. 

O que é um mercado secundário? 

O mercado secundário de valores mobiliários é um mecanismo de revenda que oferece aos investidores a oportunidade de vender e comprar livremente instrumentos financeiros. Em outras palavras, o mercado secundário é um mercado onde os investidores compram instrumentos financeiros não diretamente de empresas emissoras, mas de outros investidores. As maiores bolsas do mundo, como, por exemplo, a NASDAQ ou a Bolsa de Valores de Nova York são exemplos típicos do mercado secundário.

O que é o índice de medo e ganância?

Como esta plataforma é um componente sério do sistema como um todo, vale destacar as seguintes funções de um mercado secundário:

  • fornecer liquidez a ações e detentores de títulos (permitindo que os investidores convertam seus títulos em dinheiro sempre que quiserem)
  • fornecer informações sobre o valor dos títulos de uma empresa
  • coeficientes de avaliação como P/E (preço/lucro), P/B (preço/compra), P/S (preço/vendas) e assim por diante são usados ​​pelos investidores para identificar bons investimentos
  • apoiar as transações do mercado primário com títulos, tornando-os atraentes para os investidores

O mercado secundário de valores mobiliários é extremamente importante para o mercado financeiro e para a economia como um todo, pois se não existisse, a posterior revenda de ativos financeiros seria significativamente difícil ou mesmo impossível. A ausência de um mercado secundário desenvolvido seria uma grande perda para a economia e para a sociedade como um todo, já que tantos projetos de investimento (especialmente os novos e mais avançados) ficariam sem o tão necessário apoio financeiro.

11 citações que podem mudar sua negociação
Confira estas poderosas pepitas de sabedoria de traders, economistas e empresários famosos.
Ler mais

Qual é a principal diferença entre mercado primário e mercado secundário?

Os mercados primário e secundário referem-se a mercados que ajudam as empresas a obter financiamento. A diferença entre esses dois mercados está no processo de captação de recursos.

Leis de mercado: lucros e riscos

Embora as funções da bolsa de valores primária estejam limitadas à primeira emissão, vários títulos e ativos financeiros podem ser vendidos e revendidos repetidamente. A principal diferença é que no mercado primário a empresa está diretamente envolvida na transação, enquanto no mercado secundário a empresa não participa, pois as transações são feitas entre investidores.

Go
Clique em Girar e deixe a roda escolher seu artigo do dia!
Compartilhar
Copiar link
Link copiado
ARTIGOS RELACIONADOS
5 min
Quando e por que ocorre o fechamento do mercado de ações
5 min
Tipos de ordens do mercado de ações
4 min
Os 5 melhores livros sobre finanças pessoais
4 min
Quais fatores afetam os preços das ações no mercado de ações?
4 min
O que é o índice S&P 500?
4 min
Como investor em arte?

Abrir esta página em outro app?

Cancelar Abrir