As 5 emoções mais comuns na negociação

O tópico emoções e psicologia na negociação é tão importante quanto a análise técnica ou estratégias. Na verdade, as emoções fazem com que os traders percam fundos tanto quanto as estratégias ruins. A venda de pânico costuma ser tão impactante que chega aos livros de história financeira: por exemplo, a infame Black Monday que marcou o início de um declínio global no mercado de ações.

Dito isto, as emoções não são o inimigo — mas a falta de controle.

Quanto tempo leva para se tornar um trader profissional?

Este artigo explicará o ciclo do “pensamento fedorento” das emoções de negociação e mostrará a gama de emoções que você definitivamente sentirá —  as boas, as ruins e as chatas. 

1. Medo

O medo é provavelmente a única emoção sobre a qual todos no mundo das negociações falam. Isso é provável porque é uma das causas mais comuns de erros de negociação. Manifesta-se de várias maneiras — medo do desconhecido, medo de estar errado, medo de perder, medo de perdas, medo de devolver os lucros e muito mais.

O FOMO também é uma emoção que chama muita atenção e faz com que os traders aproveitem rapidamente as oportunidades antes que elas escapem, muitas vezes sem sucesso.

2. Exitação

Quando as coisas nos mercados começam a se mover, você pode se sentir tonto. É aqui que você se empolga e começa a antecipar que está prestes a se tornar uma história de sucesso no mundo das negociações.

O prazer de ganhos futuros imaginados cria sentimentos de excitação. Isso o torna totalmente confiante com o sistema de negociação que você possui. No geral, é uma coisa boa, mas certifique-se de que você não está começando a se sentir muito seguro de si.

3. Frustração

Objetividade: planejar as negociações da maneira certa

Você pode se sentir frustrado quando perde oportunidades de negociação, corre muito risco ou percebe que poderia ter feito algo melhor. Isso pode reforçar padrões de pensamento negativos e intensificar o problema, levando você a decisões das quais se arrependerá. Para se tornar um trader, você precisará aprender a se livrar desse sentimento.

Considere canalizar sua frustração em ação produtiva. Por exemplo, se você cometeu um erro porque não sabia, use sua frustração como motivação para aprender mais sobre esse mercado.

Quanto você pode ganhar como day trader?
É melhor você saber o potencial de retorno — não para sonhar com uma renda gigantesca, mas para saber quanto investir por negociação.
Ler mais

4. Euforia 

Negociações bem-sucedidas criam uma sensação de euforia. Os traders de longo prazo podem não sentir isso com tanta frequência quanto os de curto prazo, por isso é justo dizer que a euforia é considerada uma das emoções comuns na negociação intradiária.

Essa emoção ajuda você a escolher quais fatores são relevantes para o seu sistema de negociação. Por exemplo, se você se sentir feliz com uma negociação bem-sucedida de cruzamento de SMA, provavelmente continuará usando SMAs em vez de outra estratégia.

5. Tédio

É mais um estado de espírito do que uma emoção, mas o tédio também pertence a esta lista. Depois que a excitação inicial de fazer uma negociação favorável desaparece, a negociação se torna um processo de espera (exceto para escaladores, é claro). Você terá que aceitar o fato de que a negociação não é só emoção e pode se transformar em um processo rotineiro.

A desvantagem do tédio é que ele pode fazer você perder o foco. E quando você está navegando na Internet em vez de prestar atenção aos seus sinais, você pode perder entradas de negociação.

5 dicas sobre como controlar as emoções na negociação

O que é evitar arrependimentos na negociação?

Se você tem problemas para controlar suas emoções, considere estas práticas:

  1. Dê um nome aos seus pensamentos e sentimentos. Da próxima vez que você estiver experimentando uma emoção forte, rotule-a. Diga “estou com raiva” ou “estou frustrado” pode parecer tolice no começo, mas você está se treinando para prestar atenção ao que sente.
  2. Não se apegue a posições. As “esperanças” de que uma posição mude não o levarão longe. Não seja teimoso; feche uma negociação ruim quando sua estratégia assim o indicar.
  3. Pare de negociar após uma série de sucessos ou perdas. Quando um determinado evento acontece várias vezes seguidas, você provavelmente será afetado por ele. Os sucessos podem fazer você se sentir invencível. Perdas podem fazer você se sentir inadequado. Em ambos os casos, você evitará problemas apenas fazendo uma pausa.
  4. Respeite suas paradas. Não mova suas ordens de stop-loss no meio da negociação. Se você os definiu para um determinado nível e o preço está indo nessa direção, que assim seja.
  5. Bloqueie os ruídos do mercado. Nem todos os ruídos são irrelevantes, mas é importante limitar a quantidade de informações que chegam até você. Pode ser especialmente esmagador durante fortes corridas de touros ou ursos.

Enquanto suas emoções não tirarem o melhor de você, elas não são inimigas da razão. As emoções que você sente durante cada sessão de negociação o obrigarão a agir e influenciar suas decisões, grandes e pequenas. Em vez de combatê-los, aprenda a se beneficiar delas!-

Compartilhar
Copiar link
Link copiado
Go
Clique em Girar e deixe a roda escolher seu artigo do dia!
ARTIGOS RELACIONADOS
5 min
Como desenvolver a psicologia de negociação correta
4 min
O que é a teoria do arrependimento na negociação?
4 min
As 5 práticas simples que o transformarão em um trader ruim da noite para o dia
4 min
10 fatos surpreendentemente engraçados sobre negociação
5 min
4 estilos de negociação mais comuns: encontre o que combina com você
4 min
Trader ou investidor: qual a diferença?

Abrir esta página em outro app?

Cancelar Abrir