Compras inteligentes: gastar, não desperdiçar

O smart shopper é aquele que consegue gastar menos dinheiro para obter mais mercadorias – essa ideia pode vir à sua mente imediatamente. No entanto, em um mundo moderno, as compras inteligentes têm um significado um pouco mais profundo: sem desperdício de dinheiro, sem desperdício de tempo, sem desperdício de meio ambiente.

Ler este artigo é o primeiro (e simples) passo para se preparar para compras inteligentes.

Como gastar menos dinheiro

Dicas para fazer compras online

As compras online economizam dinheiro e tempo. Sem viagens, sem filas e até mesmo o auto-checkout é muito mais rápido. Aqui estão algumas dicas.

  1. Instale plugins de busca de cashback/cupom no seu computador. Rakuten, BeFrugal – só para citar alguns. Use seu aplicativo de varejista favorito para ver todas as ofertas e usar cupons digitais.
  2. Use serviços como o Raise para pagar com cartões-presente com desconto. Este serviço está vendendo cartões-presente com descontos de até 30% (e, a propósito, você também pode vender seus próprios cartões-presente aqui).
  3. Dicas para viciados na Amazon: use serviços como Earny para economizar em suas compras na Amazon. Um serviço maravilhoso CamelCamel monitorará as quedas de preços de produtos na Amazon.
  4. O mercado online é perfeito para compras de supermercado. O truque é simples: se você está com fome e seduzido a comprar essas batatas fritas, pode simplesmente ir à sua cozinha ou despensa e pegar alguns lanches. E merchandising offline é muito mais atraente do que online, o que resulta em desejos e compras impulsivas.

Dicas para fazer compras off-line

  1. Visite a seção de liberação das lojas. Algumas mercadorias são vendidas com um desconto significativo apenas por causa da embalagem danificada que não inclui os produtos. Muitas padarias vendem produtos assados com desconto após as 15h. Não tenha vergonha de usar os cupons de papel, basta verificar os jornais locais ou os folhetos da loja com cupons.
  2. Compre às segundas e quartas-feiras, esses dias são menos cheios e mais itens de liquidação estão disponíveis. Fins de semana são os piores.
  3. Confira se você tem mercados de agricultores locais. Eles têm preços melhores para produtos sazonais, além de apoiar as empresas locais.
  4. Você provavelmente conhece este truque: os produtos mais caros são colocados nas prateleiras ao nível dos olhos. Saia da sua zona de conforto e olhe abaixo ou abaixo desse nível.

Recomendações universais para compras online e offline

  1. No início de cada mês faça uma lista de suas compras planejadas, faça um orçamento e cumpra-as. Nunca compre coisas caras a preço cheio se não for urgente. Imagine que você está procurando substituir seu colchão ou deseja atualizar a iluminação do seu apartamento em um futuro próximo. Faça sua pesquisa agora e fique de olho durante as principais vendas anuais, como a Black Friday ou a venda de Natal ou as principais vendas de feriados ao longo do ano. O mesmo vale para TVs, aspiradores e eletrodomésticos, pois esses itens tendem a ser vendidos em horários regulares ao longo do ano.
  2. Seja um comprador consciente. Antes de entregar seu dinheiro ou cartão bancário, faça a si mesmo estas perguntas: Eu realmente preciso disso? Vou me arrepender de comprar amanhã? Essas são perguntas bem simples que você deve se fazer para evitar gastos impulsivos.
  3. Siga e assine seus varejistas favoritos, não importa se você prefere fazer compras online ou offline. É assim que você pode ficar por dentro de todas as ofertas, promoções e não perder grandes vendas. E…. Deixe de seguir e cancele a assinatura das lojas nas quais você não costuma fazer compras. Mesmo que você não compre nada, você se distrai lendo e desperdiça seu tempo.
  4. Divida a adesão à loja com um amigo ou compartilhe compras em massa. Muitas redes emitem 2 cartões de membro para cada membro, então por que não compartilhar esse benefício com alguém?
  5. Marcas de loja ou marcas domésticas em muitos varejistas de supermercados são mais baratas do que marcas de nome, portanto, verifique-as.
  6. Tente comprar itens à venda e planejar em torno deles e não vice-versa. Por exemplo, você planejou frango toscano para o jantar, mas encontrou uma bela tilápia com uma oferta “Compre 1 e leve 1 grátis” em sua loja local. Não perca a chance de economizar e cozinhar algo não planejado, que aventura!
  7. Procure as avaliações sobre os produtos antes de comprar. Fique curioso, mas desconfiado. Algumas das avaliações podem ser pagas, portanto, fique longe dos produtos com apenas avaliações positivas. Serviços como https://www.consumerreports.org são uma ótima fonte para verificar avaliações reais.

Como gastar menos recursos do planeta

Compras inteligentes significam ações inteligentes não apenas para si mesmo, mas também para o meio ambiente e a comunidade. Pense na pegada que você deixa no planeta.

  1. Use sacolas reutilizáveis ​​em vez de sacolas plásticas. A embalagem ecológica ou mínima também funcionará. Evite qualquer embalagem, se possível. Não há necessidade de dobrar esta linda abóbora ou um pacote de banana.
  2. Compras on-line significam que não há visitas à loja, então você economiza gás e economiza o meio ambiente (a menos que você vá a pé). 
  3. Recicle o que puder – garrafas de vidro, latas de refrigerante de alumínio, caixas de plástico e papel. Recicle embalagens de vidro como pequenas latas de vidro ou frascos maiores. Você pode usá-los em sua cozinha ou banheiro ou no jardim.
  4. Tente evitar o desperdício de alimentos. Compre alimentos não perecíveis a granel e alimentos perecíveis apenas o quanto você precisar. Seja consciente – congele o que você pode não precisar agora para usá-lo mais tarde. Use os produtos de uma nova maneira. Por exemplo, pão amanhecido é perfeito para croutons, migalhas de panko caseiras ou recheio.
  5. Evite o consumismo em geral. Compre usado, quando possível. Eletrônicos recondicionados, videogames, até móveis! Vendas de quintal, brechós, marketplaces do facebook e muito mais chances de encontrar peças usadas com cuidado a um preço muito atraente.

Seguir todas as recomendações juntas é fantástico e difícil de realizar,  enquanto tentar implementá-las gradualmente uma a uma é bem tangível.

Comece hoje!

Compartilhar
Copiar link
Link copied
ARTIGOS RELACIONADOS
6 min
Como ensinar seus filhos sobre finanças
4 min
Como minimizar o estresse financeiro no Natal
4 min
5 simples formas de aprender sobre finanças pessoais
5 min
9 hábitos que nunca o(a) tornarão financeiramente estável
5 min
Quanto do seu salário você deve economizar?
5 min
Como se preparar financeiramente para a paternidade: 7 dicas que você precisa saber