Os fundamentos de ações e como eles funcionam

Investir no mercado de ações é um empreendimento arriscado, mas com as ferramentas e estratégias corretas, os investidores podem se beneficiar de seu capital. Leia as informações abaixo para entender como os fundamentos e as análises do mercado de ações funcionam em benefício dos investidores.

O que são os fundamentos de ações?

Os fundamentos de ações são fatores essenciais que ajudam os investidores a avaliar o valor ou o patrimônio de uma empresa no mercado.  Estas são as principais métricas que os investidores utilizam para saber se as ações de uma empresa estão sobrevalorizadas ou não e se devem comprá-las.

O que é um hedge e como utilizá-lo para investir

Os analistas estudam os fundamentos do mercado de ações e as próprias ações para avaliar a saúde financeira geral de uma empresa antes de investir. Eles realizam análises fundamentais nas quais analisam todos os dados disponíveis que poderiam afetar o preço ou o valor de uma ação. Pode ser qualquer coisa, incluindo padrões de negociação de ações do investidor, fluxo de caixa, lucro por ação (LPA), rentabilidade, histórico de perdas, retorno sobre os ativos (ROA), etc.

Atenção! O objetivo de analisar os fundamentos de ações é determinar quais ações são corretamente valorizadas/incorretamente pelo mercado.

Exemplos dos fundamentos de ações 

Os fundamentos de ações podem incluir dados quantitativos mensuráveis e componentes situacionais qualitativos. Vamos dar uma olhada mais detalhada neles.

Os dados quantitativos mensuráveis incluem:

  • Fluxo de caixa;
  • Demonstrações financeiras;
  • Balanços patrimoniais;
  • Índice da dívida em relação ao patrimônio líquido;
  • Lucro anual;
  • Dividendos pagos.

Os dados situacionais qualitativos, por outro lado, incluem:

  • A vantagem competitiva de uma empresa;
  • O modelo de negócios de uma empresa;
  • O pessoal administrativo e suas habilidades;
  • Ética e políticas comerciais da empresa;
  • Oferta e demanda e outros fatores microeconômicos;
  • Taxas de inflação e outros fatores macroeconômicos.

Você também precisa entender a análise fundamental para saber como funcionam os fundamentos de ações. 

Como funcionam os fundamentos de ações?

A análise fundamental é o processo de estudo de dados para ajudar a determinar o valor real de uma ação. Ela influencia a decisão do investidor de comprar ou vender ações.

Ao realizar uma análise fundamental das ações, são executados os seguintes passos:

5 melhores dicas para futuros investidores
  1. Compreender os fundamentos da empresa. Investir cegamente em uma empresa sobre a qual você nada sabe é uma má estratégia. Portanto, você deve primeiro aprender seus fundamentos e ver se ela tem o potencial de crescer. Compreender os fundamentos de uma empresa significa estudar seu desempenho geral no mercado de ações e como ela se comporta com outras empresas do mesmo setor. Você também pode encontrar informações sobre suas capacidades financeiras, condição, administração e produtos.
  2. Examinar os relatórios financeiros da empresa. Isto inclui a análise das demonstrações do fluxo de caixa da empresa, receitas, custos operacionais e outras despesas, demonstrações de lucros e perdas e balanços patrimoniais. Um relatório financeiro positivo indica que a saúde financeira de uma empresa está em excelentes condições e que a compra de suas ações acarreta menos riscos.
  3. Verificação das dívidas da empresa. A dívida é um passivo que pode afetar negativamente o desempenho financeiro de uma empresa. Portanto, os investidores não são recomendados a investir em empresas com obrigações significativas de dívida. O melhor passo é investir em uma empresa com uma relação dívida/capital próprio inferior a 1.
  4. Conhecer os concorrentes da empresa. Comparar a saúde financeira geral de uma empresa com seus concorrentes é uma excelente estratégia para ver se é ou não a melhor decisão de investimento
  5. Analisar as perspectivas da empresa. A rentabilidade de uma empresa e a utilidade de seus produtos nos próximos anos são excelentes indicadores de se ela seria um bom investimento a longo prazo.
  6. Esteja atento às mudanças na empresa. É essencial estar atento às mudanças que ocorrem na empresa, mesmo depois de ter investido nela. Isso ajudará a evitar perdas desnecessárias no tempo. Se você sentir algum problema na empresa, venda suas ações ou títulos.

A análise fundamental permite obter um quadro completo da empresa na qual você quer investir. Ou seja, permite listar os prós e os contras desta empresa.

4 hacks mentais que mudarão sua negociação para melhor
Você deseja melhorar sua negociação mudando a maneira como enxerga os mercados? Aprenda 4 truques mentais que podem ser aplicados imediatamente.
Ler mais

Considerações especiais

A realização de análises fundamentais pode ser bastante complexa e demorar muito tempo. Entretanto, por mais tedioso que este processo seja, é muito gratificante se feito corretamente. Avaliando as perspectivas e planos da empresa, você pode ter uma ideia geral de como seu investimento será recompensado. Além disso, isso o ajudará a evitar erros, protegendo seu investimento em caso de fracasso.

Entretanto, a análise fundamental não deve ser vista como uma forma confiável de levantar capital no mercado de ações. Você ainda precisa ser cuidadoso antes de investir em qualquer ação. A análise fundamental também tem seus inconvenientes. Por exemplo, as ações que foram subvalorizadas não são necessariamente boas compras. Às vezes, elas podem não ser negociadas pelo seu valor real rapidamente. Portanto, também é essencial usar o bom senso ao investir.

Atenção! Informações sobre a empresa podem ser encontradas em seu site oficial. Além disso, alguns websites oferecem artigos sobre os fundamentos do mercado de ações e relatórios em PDF.

Análise fundamental vs. Análise técnica

Visão geral da inflação e seus tipos: o que é e como controlá-la

Além da análise fundamental, a análise técnica também permite compreender se vale a pena investir nas ações de uma determinada empresa. E há diferenças específicas entre elas.

A análise fundamental é basicamente focada no exame de fatores que podem impactar os preços das ações de uma empresa no futuro. Ela analisa a receita de uma empresa, a relação entre dívida e patrimônio líquido, o processo de gestão, a indústria e muito mais para obter uma imagem de sua identidade e valor real em comparação com seus concorrentes.

Por outro lado, a análise técnica analisa o valor de uma empresa e os movimentos de suas ações no mercado de ações, examinando suas mudanças e crescimento através de gráficos, padrões e tendências. A análise técnica se baseia na afirmação de que os padrões e tendências podem ser identificados e repetidos ao longo do tempo.

Para demonstrar, vamos citar um exemplo simples. Os analistas técnicos ignoram as commodities à venda. Para eles, o ponto de referência para a compra é a demanda da multidão. Assim, se um analista técnico notar os clientes reunidos em uma loja de embutidos, eles tentarão comprar o maior número possível de embutidos, apostando que o aumento da demanda levará a um aumento no preço deste produto.

Conclusão 

5 dicas sobre como realmente aproveitar o processo de negociação

A compreensão dos fundamentos da negociação de ações pode ser bastante desafiadora, especialmente para os iniciantes, mas se você estiver interessado em ganhar renda, é essencial saber ler os fundamentos de uma ação e aplicar uma análise fundamental e técnica. É a maneira correta de reduzir o risco de perda de fundos no mercado de ações.

Curtir
Compartilhar
Copiar link
Link copiado
Go
Clique em Girar e deixe a roda escolher seu artigo do dia!
ARTIGOS RELACIONADOS
4 min
5 dicas que podem melhorar suas negociações agora
3 min
O que é a GBP?
4 min
6 dicas úteis sobre como reduzir o estresse ao negociar
5 min
7 maneiras de não perder seu depósito no primeiro dia
4 min
6 dicas úteis para negociar com confiança em todos os mercados
4 min
Como se tornar um trader melhor imediatamente: 7 dicas importantes

Abrir esta página em outro app?

Cancelar Abrir