O que é equity? Significado, definição e exemplos

Equity, é um termo que se refere ao patrimônio líquido e é uma parte essencial de qualquer negócio. Ele representa a parte dos acionistas nos ativos da empresa e ajuda a garantir que a empresa possa operar de forma saudável. Este patrimônio também permite que os acionistas participem dos lucros e perdas enquanto a empresa está tendo um bom desempenho e lhes dá direito a voto se assim o desejarem. Neste artigo, procuraremos entender a definição de participação acionária dando alguns exemplos e respondendo à pergunta “qual é o significado de patrimônio líquido na economia?”.

O que é participação acionária?

Mercado de opções para iniciantes

O equity ou patrimônio líquido é uma garantia financeira que dá ao titular uma participação acionária em uma empresa. O significado de patrimônio líquido nos negócios também é às vezes utilizado para se referir a uma parte da propriedade de uma empresa, o que dá ao titular o direito de receber dividendos e direitos de voto. Os acionistas normalmente podem votar em assuntos corporativos. Quando a empresa é bem-sucedida, os acionistas geralmente recebem um dividendo ou retorno sobre seu investimento.

Os investimentos no patrimônio líquido são tipicamente mais arriscados que outros tipos de investimentos, mas também podem oferecer o potencial de maiores retornos se a empresa for bem-sucedida.

Atenção! O significado de patrimônio líquido no mercado de ações refere-se à participação de uma empresa em suas ações. Simplificando, é o valor total que um acionista tem direito a receber se todos os ativos da empresa forem liquidados e as dívidas forem pagas.

Para manter a empresa funcionando, os proprietários precisam de capital de giro substancial. Como resultado, as empresas frequentemente arrecadam o dinheiro necessário, também conhecido como capital social, utilizando suas participações acionárias.

Quais são os tipos de patrimônio?

Existem três tipos de patrimônio, são eles:

7 dicas sobre como superar a dúvida e o medo na negociação
  • Ações Ordinárias. Estas são aquelas que uma organização emite para arrecadar fundos e cobrir suas despesas de longo prazo. Os investidores nestas ações recebem parte da propriedade da empresa, e o acionista ordinário também tem o direito de voto.
  • Ações Preferenciais. Elas são uma garantia do pagamento de dividendos aos investidores antes dos detentores de ações ordinárias. Por outro lado, os seus titulares não têm direito a voto, ao contrário dos detentores de ações ordinárias. Em vez disso, os acionistas preferenciais recebem um reembolso de capital se a empresa dissolver ou liquidar seus negócios.
  • Ações com Bonificação. Este tipo de ação é emitido pela empresa a partir de seus lucros acumulados. Entretanto, não aumenta a capitalização de mercado da empresa como fazem as outras ações.
  • Rights Shares. As empresas as emitem somente para investidores premium. Os direitos são emitidos a um preço reduzido. Como resultado, a participação de tais detentores está aumentando. O objetivo é arrecadar dinheiro para atender às necessidades financeiras da empresa.
  • Sweat Equity. Eles são recebidos por gerentes e funcionários. Eles são emitidos com desconto como motivação para um excelente trabalho sobre como fazer (know-how), concessão de direitos de propriedade intelectual ou agregação de valor ao negócio.
  • Plano de Participação Acionária para os Funcionários (ESOPs).  A empresa oferece ESOPs a seus funcionários como um incentivo e para retenção. Por exemplo, estas ações podem ser recebidas por diretores e outros trabalhadores que tenham exercido a opção de concessão de ESOP.

Como funciona o patrimônio líquido do acionista?

O patrimônio líquido é o valor total de todas as ações ordinárias em circulação menos quaisquer ações preferenciais e outros interesses minoritários. Ele representa a participação residual em uma empresa depois que todas as obrigações tiverem sido pagas. O patrimônio líquido é substancial porque determina a capacidade de uma empresa de pagar dívidas e financiar o crescimento futuro.

Quando uma empresa emite novas ações ordinárias, os lucros são divididos entre os acionistas de acordo com suas respectivas participações. Cada acionista recebe uma fração igual do número total de ações emitidas, independentemente de tê-las adquirido individualmente ou a granel. O valor de cada ação é determinado pela multiplicação de seu valor nominal (o preço pago por ela) pelo número total em circulação. Quaisquer dividendos declarados sobre essas novas ações emitidas são distribuídos entre os acionistas na proporção de suas participações, desde que esses dividendos não sejam maiores do que o investimento original do acionista.

Como se tornar um trader melhor imediatamente: 7 dicas importantes

Entretanto, com o tempo, o valor das ações de uma empresa pode diminuir se não forem gerados novos ganhos ou se os objetivos financeiros desejados (tais como recompra de ações) não forem atingidos. Nesses casos, os acionistas podem receber menos em recompensa por seu investimento no patrimônio, o que significa que certos esforços devem ser feitos para atingir as metas financeiras. Por outro lado, quando uma empresa superar as expectativas, gerando maiores lucros e aumentando o preço de suas ações, seus acionistas colherão recompensas maiores (assumindo que não venderam suas ações).

10 sinais de que você será bem sucedido como trader
Muitos traders têm certos traços naturais que os tornam bem-sucedidos. Outros precisam se esforçar para desenvolvê-los. Descubra quais você tem!
Ler mais

Fórmula e como calcular o patrimônio líquido

O patrimônio líquido é declarado por ação e representa a participação do proprietário em uma empresa. Ele serve como um amortecedor financeiro contra potenciais passivos e permite maior liquidez, fornecendo aos acionistas fundos adicionais para a compra das ações ordinárias, se desejado.

O cálculo usa a seguinte fórmula:

Patrimônio líquido = Total de Ativo – Total de Passivo

Para calcular o patrimônio líquido de uma empresa, é preciso primeiro determinar seu passivo total. Eles podem ser encontrados através do balanço patrimonial da empresa ou usando informações de financiamento da dívida de fontes como Moody’s Investor Service, Standard and Poor’s Ratings Services, e Fitch Ratings.

Uma vez que o passivo total é descoberto, o patrimônio líquido subtotal do acionista pode ser calculado subtraindo o passivo total da soma das ações em circulação mais as opções de ações emitidas mas não reclamadas. As opções de ações emitidas mas não reclamadas serão geralmente aquelas que não foram exercidas dentro de 180 dias após sua data de emissão. Se quaisquer warrants ou títulos conversíveis em circulação não tiverem sido exercidos, então o cálculo do Patrimônio Líquido do acionista também incluirá esses itens.

Quais são os componentes do patrimônio líquido do acionista?

O que é uma oferta pública inicial (OPI), e vale a pena investir nela?

O patrimônio líquido é o valor total em dólares das ações em circulação de uma empresa. Os acionistas possuem uma participação vital em uma empresa, e seu dinheiro é investido para gerar renda futura.

Os três principais componentes do patrimônio líquido são as ações ordinárias, os lucros acumulados e os ganhos ou perdas de capital. As ações ordinárias representam a propriedade de uma empresa, e seus direitos de voto são iguais aos de todos os outros acionistas. Além disso, uma empresa pode emitir novas ações, aumentando o número total de ações em circulação e fornecendo capital adicional para apoiar o crescimento ou aquisições.

Os ganhos retidos representam lucros após o pagamento das despesas (tais como salários, aluguel, contas de combustível, etc.). A empresa mantém este dinheiro para reinvestir em futuros empreendimentos comerciais ou distribuí-lo entre os acionistas através de dividendos ou recompra de ações.

Os ganhos ou perdas de capital ocorrem quando o preço das ações de uma empresa sobe ou desce. Esses ganhos e perdas se somam com o tempo e podem ter um impacto significativo sobre o patrimônio líquido dos acionistas. Por exemplo, se o preço das ações subir, as ações ordinárias valem mais do que quando o investimento foi feito. Este aumento de valor é referido como um ganho de capital. Por outro lado, se o preço das ações cai, as ações ordinárias valem menos do que quando o investimento foi feito. É chamado de perda de capital.

O que é o patrimônio líquido do proprietário e sua fórmula

10 dicas úteis para traders de tempo fixo

A conta patrimonial que exibe a participação acionária da empresa é conhecida como capital do proprietário ou patrimônio líquido do proprietário. O significado de patrimônio líquido do proprietário, em outras palavras, demonstra a porcentagem dos ativos corporativos de propriedade dos proprietários e não dos credores. A conta de capital do proprietário é frequentemente restrita à propriedade exclusiva.

Para determinar o patrimônio líquido de uma empresa usando a equação contábil, aplique a seguinte fórmula:

Patrimônio líquido do proprietário = Total do ativo – Total do passivo

Exemplo de patrimônio

Tomamos como exemplo a XYZ Co., a empresa fabricante de sorvetes. Vamos estimar seu patrimônio líquido em 31 de dezembro de 2018, com base no relatório anual para o ano de 2018.

Total do ativo é igual a Caixa e Equivalentes no Caixa mais Contas a Receber mais Ativo imobilizado (PP&E – Property, Plant and Equipment) mais Inventário = $500.000 + $4.000.000 + $16.000.000 + $3.500.000 = $24.000.000

Total do passivo = Total da dívida de curto prazo + Total da dívida de longo prazo + Contas a pagar + Outros passivos correntes = $8.000.000 + $4.500.000 + $8.000.000 + 5.000.000 = $25.500.000

Portanto, o patrimônio líquido do acionista pode ser calculado como $24.000.000 – $25.500.000 = – $1.500.000.

Assim, em 31 de dezembro de 2018, o patrimônio líquido do acionista da XYZ Co. era de $1.500.000 negativos. Este baixo valor patrimonial denota uma posição financeira muito precária para a empresa, que pode estar à beira da falência ou da dissolução.

Outras formas de patrimônio

O que é um hedge e como utilizá-lo para investir

Além de ser utilizado para avaliação da empresa, o conceito de Equity tem outras utilizações. Mais geralmente, o Patrimônio Líquido é o montante de propriedade remanescente em qualquer ativo depois que todas as dívidas associadas tiverem sido pagas.

A seguir, algumas variações típicas do patrimônio líquido:

  • No balanço patrimonial de uma empresa, ele mostra o total das contribuições de capital feitas pelos proprietários ou acionistas mais os lucros (ou perdas) retidos. Além disso, é referido como patrimônio líquido dos acionistas ou capital próprio dos acionistas.
  • O valor dos títulos em uma conta margem menos qualquer empréstimo de margem que o titular da conta recebe da corretora.
  • A diferença entre o valor justo de mercado atual de um imóvel e o saldo da hipoteca principal em bens imóveis. É o valor que o proprietário receberia após a venda e pagamento de quaisquer dívidas, adicionalmente conhecido como “valor real do imóvel”.
  • O dinheiro que sobra após uma empresa declarar falência e deve liquidar seus ativos. Os termos “capital próprio”, “capital de risco” e “capital de responsabilidade” também têm sido utilizados para descrevê-lo.

Capital privado

O capital privado ou private equity é um investimento que consiste na compra e gestão de empresas ou ativos em benefício de seus proprietários. As empresas de capital privado oferecem uma gama de investimentos, desde pequenas empresas até grandes corporações. Elas normalmente utilizam fundos de investimento com alto retorno e risco limitado para atingir estes objetivos.

O que fazer se você se sentir pronto para desistir de negociar: 6 dicas importantes

O capital privado é uma forma relativamente nova de investimento. Foi desenvolvida no final dos anos 70 e início dos anos 80 para aproveitar a expansão dos mercados acionários, permitindo que indivíduos e famílias de alto valor líquido investissem em empresas privadas às quais não tinham acesso através de fontes tradicionais de capital. Ao longo do tempo, o capital privado evoluiu para um veículo de investimento cada vez mais sofisticado, com uma gama mais ampla de opções e oportunidades.

Hoje, as empresas de capital privado desempenham um papel essencial em praticamente todos os setores em todo o mundo. Elas normalmente concentram seus investimentos em empresas com sólidos fundamentos e perspectivas de crescimento. Isso permite que as empresas de capital privado criem valor para seus investidores enquanto ajudam as empresas a alcançar seus objetivos.

Atenção! O capital privado é um tipo complexo e volátil de investimento. Como tal, não é apropriado para todos. Antes de investir, você deve falar com um consultor financeiro qualificado para assegurar-se de que está tomando uma decisão consciente.

Home equity 

O home equity é a diferença entre o valor de mercado de uma casa e quaisquer hipotecas ou empréstimos pendentes sobre esse imóvel. E também pode ser considerado o valor que resta aos proprietários de uma casa após o pagamento de todos os seus empréstimos e despesas associadas à propriedade de uma casa. Você pode determinar o valor de mercado de uma residência verificando o preço por metro quadrado e os preços médios de venda em uma determinada área e também encontrar o valor pendente de hipotecas ou empréstimos em bancos de dados públicos.

Há várias coisas essenciais a considerar quando se trata de home equity:

5 dicas sobre como realmente aproveitar o processo de negociação
  • É um recurso valioso que você pode utilizar para muitos fins, tais como pagar dívidas, cobrir despesas não relacionadas com a casa e investir em ativos. 
  • Ele não pode ser usado como garantia para um empréstimo. É provável que você tenha que contrair um empréstimo pessoal se precisar de dinheiro de sua conta de home equity.
  • Você só deve combinar o home equity com outros veículos de poupança se você tiver dinheiro suficiente para cobrir a perda potencial e quaisquer taxas associadas.
  • Finalmente, é importante rever periodicamente suas despesas domésticas e assegurar que elas se alinhem com seus objetivos financeiros gerais. Se você estiver usando mais home equity do que o previsto, talvez seja hora de reconsiderar alguns de seus padrões de gastos.

Valor da marca

Valor da marca é uma medida da atratividade e da rentabilidade de um negócio. O seu cálculo é baseado nos pontos fortes percebidos pela marca, tais como sua reputação de qualidade, características que a distinguem da concorrência e a fidelidade do cliente.

Vários fatores contribuem para o valor de uma marca. Estes incluem a percepção do cliente, qualidade e características do produto, reputação da empresa, esforços de publicidade e marketing, o desenho da identidade da marca e a coerência entre todos os elementos da estratégia da marca. Como resultado, o brand equity é um componente crítico da gestão estratégica das empresas. Ele pode ser usado para moldar os esforços de marketing e vendas, alocar recursos e determinar decisões de preços. Além disso, ele pode fornecer perspectivas essenciais sobre o estado atual da popularidade de uma marca e como ela pode evoluir no futuro.

O brand equity pode ser aumentado através de uma campanha de imagem positiva, desenvolvendo propostas de venda exclusivas (USPs) e fortalecendo as relações com os clientes. Por outro lado, a diminuição do valor da marca pode ocorrer quando a marca é associada a percepções negativas, como por exemplo, ser conhecida por seus preços altos ou baixa qualidade.

Patrimônio líquido vs. Retorno sobre o patrimônio líquido

6 dicas úteis sobre como reduzir o estresse ao negociar

Como vimos, o patrimônio líquido pode implicar várias coisas, mas normalmente se refere à propriedade de um recurso ou de um negócio, como a propriedade dos acionistas de uma empresa. E o retorno sobre o patrimônio líquido mede quanto dinheiro uma empresa ganha com o patrimônio líquido de seus acionistas e como a administração gera lucros a partir dos ativos da empresa. Esta medida de desempenho financeiro é calculada dividindo o lucro líquido pelo patrimônio líquido. Ela pode ser vista como o retorno sobre o patrimônio líquido, uma vez que o patrimônio líquido é igual ao patrimônio de uma empresa menos sua dívida.

O que é patrimônio nas finanças?

O patrimônio líquido nas finanças é o valor das ações ordinárias de uma empresa. É crucial porque representa uma participação nos lucros futuros da empresa e permite que os investidores vendam ações a qualquer momento.

Este patrimônio é parte integrante do valor de uma empresa e seus proprietários normalmente têm direito a receber dividendos e pagamentos a partir dos lucros da empresa. Ela também permite aos investidores vender ações a qualquer momento e lucrar com as flutuações de preços.

O que é patrimônio nos negócios?

O patrimônio líquido em um negócio é o valor que pode ser devolvido aos acionistas se todos os ativos da empresa forem liquidados, e as dívidas pagas. É um dos indicadores da saúde financeira da empresa (quanto mais capital próprio uma empresa tem, mais valiosa ela é). Este indicador está incluído no balanço patrimonial e é frequentemente utilizado pelos investidores na escolha das empresas cujas ações eles desejam possuir.

Que outros termos são usados para definir patrimônio?

Visão geral da inflação e seus tipos: o que é e como controlá-la

Alguns outros termos usados para descrever patrimônio são ações e propriedade. Ação é a unidade básica do patrimônio líquido. Ela dá direito a seu titular a uma participação proporcional nos lucros e perdas, direitos de voto e outros privilégios determinados pelo contrato social ou estatuto social da empresa.

O que é capital social?

Capital social refere-se a fundos captados através da emissão de novas ações (primárias) ou da conversão de ações preferenciais em ações ordinárias (mais costumeiras).

Como os investidores usam o patrimônio líquido?

O patrimônio líquido é uma ferramenta que os investidores utilizam para aumentar seu retorno sobre o investimento. Ele pertence às partes interessadas em uma empresa, como os acionistas, que têm direito a receber retorno sobre os ativos que investiram no negócio. Os acionistas também têm o direito de votar em assuntos importantes, tais como decisões empresariais e novos investimentos.

Este patrimônio também é uma medida vital da força financeira de uma empresa. Inclui os lucros gerados pelas operações comerciais e quaisquer ganhos ou perdas de capital associados à valorização ou depreciação de ativos ao longo do tempo.

7 dicas de negociação Forex que você pode usar imediatamente

Uma empresa com sólidos valores patrimoniais pode suportar flutuações econômicas de curto prazo, proporcionando estabilidade ao preço de suas ações e potencial de ganhos futuros. Por outro lado, valores patrimoniais fracos podem sinalizar que a empresa está lutando e podem levar ao aumento dos custos de empréstimos ou processos de falência. Portanto, para que os investidores se beneficiem de um aumento no valor do patrimônio líquido de uma empresa, eles precisam ter confiança de que o negócio será capaz de gerar lucros a longo prazo.

Como é calculado o patrimônio líquido?

Quando as ações de uma empresa são compradas e vendidas no mercado aberto, seu preço é determinado pela oferta e demanda. Quando mais pessoas quiserem comprar uma ação da empresa, o seu preço aumentará. Por outro lado, quando menos pessoas quiserem comprar uma ação da empresa, seu preço diminuirá.

O patrimônio líquido refere-se ao que resta após o pagamento das obrigações (como a dívida). O patrimônio de uma empresa é seu total de ativo menos o total de passivo. O valor contábil dos ativos é o que a empresa valeria se todos os ativos fossem vendidos em uma transação ordenada a preços de mercado. A diferença entre estes dois valores é chamada de Patrimônio Líquido e representa quanto dinheiro restou aos acionistas após o pagamento de seus passivos.

Informações gerais

Uma empresa precisa de patrimônio líquido estável porque garante que as partes interessadas – aqueles que investem na empresa ou possuem ações da mesma – sejam recompensados por seu dinheiro. Se os investidores não acreditarem que podem recuperar seu capital, podem se recusar a investir e, em última instância, prejudicar o resultado final da empresa.

As ações acionárias também ajudam a motivar os funcionários da empresa. Eles se esforçarão mais para proteger sua participação quando houver potencial para que sua participação nos lucros diminua. Esta dedicação impulsiona a inovação e assegura que a empresa permaneça competitiva.

Compartilhar
Copiar link
Link copiado
Go
Clique em Girar e deixe a roda escolher seu artigo do dia!
ARTIGOS RELACIONADOS
6 min
7 dicas de como sobreviver ao seu primeiro ano como trader
15 min
O que é diligência devida?
5 min
7 dicas sobre como obter resultados de negociação mais consistentes
5 min
7 maneiras de não perder seu depósito no primeiro dia
6 min
9 dicas para traders iniciantes
3 min
O que é a GBP?

Abrir esta página em outro app?

Cancelar Abrir