Dinheiro e finanças: qual é a diferença?

Você já reparou que os termos “dinheiro” e “finanças” costumam ser usados ​​em contextos diferentes? O conceito de dinheiro é usado principalmente na vida cotidiana – ganhar, gastar, pedir emprestado e economizar dinheiro. Você provavelmente já usou essas expressões inúmeras vezes. Curiosamente, o pico de popularidade do termo “dinheiro” foi em abril de 2020 – 100/100 no Google Trends. Pode-se argumentar que o interesse não diminuiu desde então, pelo menos na mente das pessoas.

O que bolsa de valores significa

O termo “finanças”, por outro lado, é usado para descrever conceitos mais amplos e avançados – como finanças pessoais, corporativas e públicas. Como assim? E esses termos são realmente tão diferentes?

Definições: o que cada termo significa

O dinheiro é uma commodity legal ou socialmente obrigatória; mede o valor de bens e serviços, mas não tem valor intrínseco. Se você abrir livros de macroeconomia, encontrará funções interligadas, mas distintas:

  • Meio de troca: Facilita a venda, compra ou comércio de bens e serviços
  • Unidade de conta: Uma medida comum do valor de bens e serviços sendo trocados
  • Reserva de valor: mantém o poder de compra no futuro

Finanças é um termo mais amplo que descreve atividades associadas a dinheiro, bancos, alavancagem ou dívida, crédito, mercado de capitais e investimentos. Assim, o dinheiro é uma parte das finanças, mas as finanças englobam muitas outras coisas também.

O foco principal das finanças envolve a gestão do dinheiro, que pode ser proativa com planejamento periódico ou regular e reativa a eventos específicos. Como já mencionado brevemente na introdução, finanças tem três subcategorias principais:

  • Finanças pessoais: Estratégias para necessidades futuras dos indivíduos 
  • Finanças corporativas: Fontes de financiamento, estruturação de capital e decisões de investimento 
  • Finanças públicas (governamentais): Receitas e despesas de um país 

Principais diferenças: propósito e movimento

How millennials invest: Stocks, savings and a bit of psychology
  1. As finanças têm um propósito, o dinheiro não 

Na mente de algumas pessoas, as finanças foram quantificadas para eficiência, e esta afirmação equipara finanças quase exclusivamente com dinheiro, negligenciando o elo de conexão – pessoas.

Fundamentalmente, o objetivo das finanças é ajudar as pessoas a economizar, gerenciar e arrecadar dinheiro. Ele ajuda indivíduos e empresas a operar de forma eficaz e eficiente e ter o fim para o qual direcionam suas ações.

  1. As finanças são um processo contínuo, enquanto o dinheiro é um bem físico 

O dinheiro é ganho e gasto, enquanto as finanças são dinheiro-alvo em movimento. Aqui estão alguns exemplos das atividades que as finanças incluem (no contexto das finanças pessoais):

  • Economizando dinheiro pessoal 
  • Investir dinheiro pessoal em ações, títulos, fundos, etc. 
  • Empréstimo de dinheiro 
  • Construindo um orçamento e um modelo financeiro para uma família ou uma corporação 
  • Previsão e planejamento
11 citações que podem mudar sua negociação
Confira estas poderosas pepitas de sabedoria de traders, economistas e empresários famosos.
Ler mais

Mudando sua atitude em relação ao dinheiro e tratando-o como finanças

O que são ativos  tangíveis e intangíveis?

Se você entender a diferença entre dinheiro e finanças, poderá ver o benefício de mudar sua atitude em relação ao dinheiro pessoal. Considere mudar para a mentalidade de finanças pessoais. Isso significa não apenas ganhar e gastar dinheiro, mas também usar o dinheiro como uma ferramenta para gerenciar economias, investimentos e proteção de ativos.

Go
Clique em Girar e deixe a roda escolher seu artigo do dia!

Quando seu objetivo não é mais apenas “ter dinheiro”, você começa a agir como um estrategista financeiro. Você adota uma mentalidade de contabilidade e planejamento competentes. Você pode notar a mudança em si mesmo, onde suas ações são voltadas para tomar decisões inteligentes e construir uma rede de segurança.

Pense no que pode te levar ao futuro que te sustenta sem constrangimentos ou dívidas incobráveis. Uma boa maneira de começar é construir uma almofada de segurança financeira. Reduza suas despesas em $100 – $200 por mês ou mais, se puder, e coloque-o diretamente em um stash (conta poupança) que você pode acessar facilmente para despesas inesperadas. O valor recomendado é de 6 salários mensais.

Depois de ter seu fundo de emergência, considere investimentos em diversos ativos que possam gerar renda. Este é apenas um exemplo rápido de como você pode gerenciar suas estratégias financeiras.

Como melhorar sua gestão financeira

Vamos terminar este artigo com dicas para gerenciar finanças corporativas que realmente funcionam perfeitamente bem para finanças pessoais. Estas são regras básicas para lidar com dinheiro como empresa e como indivíduo:

Como avaliar uma ação antes de investir
  • Tenha um plano – descreva seus objetivos, restrições de tempo, orçamento e fontes de renda. 
  • Conheça suas despesas do dia-a-dia e planeje grandes despesas futuras (carros, casas, feriados).
  • Obtenha o financiamento certo, o que, no contexto das finanças pessoais, significa construir um fluxo de renda confiável, idealmente múltiplo.
  • Enfrente os problemas assim que eles surgirem. Pague as dívidas urgentes e não atrase os pagamentos das melhorias necessárias. 
  • Examine suas despesas gerais e marque itens pessoais que são muito caros, ineficientes ou desnecessários. 
  • Monitore regularmente o progresso e mantenha seus registros atualizados. 
  • Livre-se do papel – digitalize e gerencie recibos eletronicamente. 

No geral, uma gestão financeira bem planejada economiza tempo, evita estresse e aumenta sua renda disponível.

Curtir
Compartilhar
Copiar link
Link copiado
ARTIGOS RELACIONADOS
5 min
Como investir em fundos mútuos online?
6 min
Como investir em títulos?
5 min
Trading é uma fraude?
5 min
Criptomoedas: um guia para iniciantes
4 min
Como selecionar ações para investimento racional?
4 min
As 7 melhores tendências de investimento em 2022

Abrir esta página em outro app?

Cancelar Abrir