Como negociar com perdas mínimas: 7 regras de ouro

Fazer trading é de alto risco, mas de alta recompensa. Mas antes que você possa gerar qualquer recompensa, você deve lidar com os riscos — caso contrário, uma negociação ruim pode custar muito caro. Por exemplo, a maior perda única na história de Wall Street foi de US$ 9 bilhões. Um ex-operador de títulos do Morgan Stanley queria ir contra o mercado imobiliário dos EUA. Mal sabia ele que sua operação a descoberto em swaps de inadimplência de crédito estava prestes a ser atingida pela crise econômica de 2008.

É importante estabelecer algumas coisas. É possível tornar cada negociação lucrativa? Não, todos os negociadores têm operações perdedoras. Mas existem ferramentas de gerenciamento de risco que podem ajudá-lo a evitar e minimizar perdas em muitos negócios? Sim! Abaixo estão sete deles para experimentar ao negociar.

Tenha sempre um plano de negociação

Seu plano de negociação não deve ser um esboço da abordagem de outra pessoa. Até onde você sabe, outros podem ter capital ilimitado e nenhuma intenção de cortar perdas. Seu plano deve incluir qualquer coisa que guie sua tomada de decisão, como:

  • Sua motivação para negociar
  • A quantidade de tempo e esforço que você deseja comprometer
  • Suas metas de negociação de curto e longo prazo
  • Sua tolerância ao risco (mais tarde, você pode combinar com sucesso investimentos de baixo, médio e alto risco em um portfólio equilibrado)
  • Seu orçamento de negociação (quanto capital você pode colocar em risco)
  • Mercados em que você planeja negociar

No geral, este ponto é sobre ter um método sistemático para definir objetivos e determinar seu estilo de negociação. Isso definirá os parâmetros ideias de sua negociação.

Escolha as estratégias certas

Você não pode aprender a negociar opções sem perda se mal souber o que contribui para uma negociação perdedora. Por exemplo, as estratégias de opções podem ser categorizadas com base no valor do tempo, volatilidade ou até taxas de juros. E dependendo da estratégia usada, se uma negociação se mover contra eles, o trader arriscará uma quantia ilimitada ou apenas uma pequena quantia pré-paga do prêmio. Tenha isso em mente e evite estratégias que exijam capital substancial.

Além disso, esteja preparado para adaptar suas estratégias — algo que funcionou em um dia pode não funcionar em outro. Para ser flexível, certifique-se de que domina algumas estratégias de negociação e pode aplicá-las a diferentes ativos e ciclos de mercado quando necessário.

Use alavancagem razoável

No papel, a alavancagem pode trazer grandes retornos com um investimento muito pequeno. E sim, quando usadas adequadamente, as oportunidades de alavancagem podem valer a pena. Mas essa ferramenta pode amplificar as perdas com a mesma facilidade e transformar uma correção de mercado em um colapso total.

Se você deseja evitar uma grande perda, também não deve perseguir as perspectivas de pagamentos gigantes. Como trader, você está no controle total da quantidade de alavancagem que uma negociação terá (se houver). Baseie o tamanho da sua posição no saldo da conta ou, melhor ainda, nos fundos que você fez recentemente. Assim, você colocará apenas seu excedente no fogo, não o seu capital disponível.

Coloque um stop loss em cada negociação

Um stop loss (limite de perda) é uma ordem para comprar ou vender um ativo assim que atingir um determinado preço. Uma posição com stop loss é encerrada automaticamente pelo corretor, independentemente de quando o preço à vista atingir o nível predeterminado. Portanto, você não precisa monitorar seus negócios para obter uma perda mais cedo.

Um stop loss geralmente é incluído em terminais de negociação padrão (homebroker) como uma apólice de seguro sem custo. Você só será cobrado sua comissão regular pelo processamento de uma negociação. Para determinar onde colocar seu stop loss, avalie sua tolerância ao risco, 10% – 20% é um nível ideal para muitos traders.

Se você quiser saber como negociar sem perdas, basta colocar um stop loss no nível de preço pelo qual você comprou o ativo. Isso significaria definir o stop loss tão próximo da posição quanto 1%. Isso pode tornar a vida útil da sua operação muito curta. Mas pelo lado positivo — nenhuma perda. 

Diversifique seu portfólio e proteja suas posições

By holding inversely correlated assets in your portfolio, you reduce its overall volatility and risk exposure. Let’s say you have a stock in mind. Before buying or right after, research alternatives that tend to move in the opposite direction of your main stock. This will augment your investment and limit or even reverse a potential loss.

Ao manter ativos inversamente correlacionados em seu portfólio, você reduz sua volatilidade geral e exposição ao risco. Digamos que você tenha uma ação em mente. Antes de comprar ou logo depois, pesquise alternativas que tendem a se mover na direção oposta de sua ação principal. Isso aumentará seu investimento e limitará ou até reverterá uma perda potencial.

Outra abordagem bastante radical é a proteção de hedge downside. Isso envolve comprar produtos com retornos inversos — quando uma posição sobe, outra invariavelmente cai. Por exemplo, se você inseriu uma posição longa no S&P 500, poderá comprar um ETF inverso, que lucraria com uma queda no valor do benchmark subjacente.

Acompanhe as notícias 

Política mundial, tendências econômicas, até mesmo as notícias sobre o clima e o entretenimento — tudo pode impactar os mercados. Quanto mais você entender os mercados passados ​​e atuais, melhores decisões de negociação você tomará. Você pode capitalizar eventos específicos ou sair logo antes que o mercado entre em uma zona de baixa. Se você perceber uma mudança precoce no ambiente, poderá evitar muitas perdas.

Acordar antes do horário de negociação e passar por todo o relatório do mercado pode parecer extremo demais. Mas a ideia é seguir um certo regime — acompanhar as notícias diárias, acompanhar uma atualização semanal do mercado, examinar relatórios trimestrais etc.

Mantendo um registro de sua atividade de negociação

Manter um registro de suas negociações começa antes de fazer qualquer. Isso combina perfeitamente com o primeiro ponto – no plano de negociação, você já identificou quais informações gostaria de registrar. Agora, você precisa anotar tudo o que o ajudará a avaliar o desempenho do sistema de negociação. Algumas dicas:

Manter um registro de sua necessidade antes de fazer. Isso combina com o primeiro plano de configuração, você já conectado com informações de registrador. Agora, você precisa anotar tudo o que o sistema de avaliação avalie a performance de negociação. Algumas dicas:

  • Faça uma planilha eletrônica
  • Inclua todos os dados relevantes + observações pessoais
  • Marque todas as alterações que você fizer em posições abertas
  • Escreva comentários para negociações concluídas
  • Observe padrões em seus resultados de negociação
  • Anote como você se recupera de uma sequência de derrotas (importante!)

Não é razoável esperar que todas as negociações tragam retornos. Mas um diário de negociação ajudará você a ver se todas as suas negociações em um determinado período resultam em lucro líquido. Caso contrário, faça mudanças sérias para obter um ROI positivo.

Conclusão

Embora a negociação esteja normalmente associada a alto risco, você pode recorrer a várias estratégias básicas para limitá-lo. É improvável que você tenha zero perdas (a menos que você faça zero negociações), mas é totalmente possível reduzi-las por meio de decisões informadas e mecanismos de proteção.

Pronto para avançar? Transforme os novos conhecimentos deste artigo em progresso da sua negociação
Acessar a Binomo

Compartilhar
Copiar link
Link copied
ARTIGOS RELACIONADOS
6 min
As 4 principais estratégias para day trading na Índia
5 min
As 3 melhores estratégias de trading online para iniciantes
5 min
A estratégia de trading "night channel"
4 min
O guia do iniciante para negociação de tendências
6 min
Estratégia vs. sistema em trading: qual a diferença?
4 min
Como fazer backtest de uma estratégia de trading