Como ensinar seus filhos sobre finanças

Mas há uma maneira de dar ao seu filho um começo melhor com questões financeiras. Vamos ver como podemos ensinar aos nossos filhos essas coisas importantes e não lhes tirarmos o brilho da vida. De acordo com estatísticas do Banco Mundial, a alfabetização financeira em todo o mundo varia de 13% a 71%, com uma média global de 33%. Quanto menos desenvolvido um país, menos alfabetizada financeiramente sua população. 

A vantagem de um início precoce 

8 hábitos a serem superados para alcançar a estabilidade financeira

Não pense que a alfabetização financeira não é para crianças: é tão importante quanto as regras da estrada, o alfabeto ou a tabuada. Naturalmente, é impossível viver sem um sistema monetário, e todos têm que lidar com dinheiro de uma forma ou de outra. É por isso que, desde cedo, a criança deve entender a importância das questões financeiras. Além disso, se você ensinar uma criança de maneira divertida, ela ficará interessada e quererá aprender mais.

As regras do aprendizado divertido 

Em primeiro lugar, lembre-se de que uma criança de qualquer idade ainda gosta de brincar. E por que as crianças gostam tanto de jogos? Isso mesmo, porque os jogos são interessantes e divertidos. Então, vamos tornar o processo de aprendizagem tão divertido com estas regras simples:

  1. Não complique o aprendizado com termos difíceis. 

É improvável que crianças, especialmente crianças em idade pré-escolar, gostem de uma palestra de uma hora sobre o sistema financeiro. A principal tarefa dos pais é explicar como as finanças funcionam em geral (o que é e em que se baseia).

  1. Não dê muita informação de uma só vez. 

A abundância de informações desnecessárias irá cansar a maioria dos adultos e pode desencorajar uma criança a tocar nesse tópico novamente. O que acontece com o cérebro de uma criança quando recebe um monte de termos obscuros e explicações de uma só vez? Na pior das hipóteses, sai direto do outro ouvido alguns minutos após o término da palestra chata, e a criança não vai concordar com essa lição no futuro.

  1. Mantenha as coisas básicas.

Comece colocando pequenos tijolos de conhecimento como base. Outros detalhes podem ser adicionados depois.

10 sinais de que você será bem sucedido como trader
Muitos traders têm certos traços naturais que os tornam bem-sucedidos. Outros precisam se esforçar para desenvolvê-los. Descubra quais você tem!
Ler mais

Por onde eu começo?

Como acompanhar as despesas: 5 melhores ferramentas

Diversifique sua história com detalhes interessantes. É melhor começar com os seguintes pontos: 

Go
Clique em Girar e deixe a roda escolher seu artigo do dia!
  1. O histórico de um item ou evento. Como e quando as pessoas inventaram isso? Por que foi necessário? Como a vida deles mudou? A história é mais interessante e relacionável quando conta a história da vida de pessoas do passado. 
  2. Baseie suas explicações nas coisas ao seu redor. Use moedas reais de qualquer denominação. Sente-se e olhe para eles. Do que eles são feitos? Que pequenos detalhes eles têm? 
  3. Além disso, não passe por máquinas de venda automática e não fique irritado com seu filho por querer comprar algo. Deixe seu filho lidar com o dinheiro. Dê a eles a chance de ver tudo em tempo real. Ele ficará surpreso com a rapidez com que uma nota de papel pode se transformar em uma barra de chocolate ou uma lata de suco delicioso.

Lembre-se que mesmo um adulto não pode saber tudo no mundo. Não tenha vergonha disso! Aprender coisas novas com uma criança é sempre divertido. Demonstre ao seu filho que não saber de algo não é ruim, o que é ruim é não querer saber. Se você não souber o que responder à pergunta do seu filho, apenas diga “Não sei, mas vamos procurar as informações juntos e descobrir”.

Quais hábitos fazem seu dinheiro desaparecer

Seu pequeno pré-escolar terá que ir para a escola em breve, e é muito importante ensiná-lo a procurar as informações certas por conta própria. Isto irá formar a base para a aprendizagem e ajudá-los no processo de educação.

Aprender também é um jogo! 

Mostre ao seu filho que aprender não precisa ser apenas ler textos chatos e explicações monótonas de uma hora. Ao transformar esse processo em um jogo, você fará com que a criança anseie pela próxima lição e discussão. Para transformar o aprendizado em um jogo interessante, basta seguir os passos abaixo:

10 erros que podem consumir o seu dinheiro
  1. Comece com algo simples. Peça ao seu filho que fique o mais atento possível e conte uma história curta com os pontos mais importantes. 
  2. Invente o sistema de pontos mais simples. Pegue uma folha de papel em branco e desenhe três corações vermelhos. Eles podem ser “vidas de jogo”. Para cada resposta errada, a criança perderá um coração. 
  3. Faça 5 perguntas interessantes sobre sua história. Torne-os tão simples ou complexos quanto a idade e as habilidades do seu filho permitirem. 
  4. Prepare uma recompensa com antecedência. Não dê à criança algo casual (comida, tempo livre, etc.), porque já faz parte da vida dela. A recompensa deve ser especial e surpreender seu filho prodígio. Organize uma noite de cinema e deixe seu filho escolher o filme. Visite um museu ou leve-os a um teatro de marionetes. Faça algo interessante e divertido! As crianças são sempre inspiradas pelo tempo de qualidade passado com os pais. Envolva outros membros da família no jogo. 
  5. Crie um cronograma de aulas, mas não exagere. É melhor começar com um dia por semana. Aumente o número de vezes apenas se perceber que seu filho está entusiasmado. 
  6. Antes de iniciar a aula, certifique-se de que a criança não esteja com fome ou cansada. Não transforme o aprendizado em algo feito sob a mira de uma arma. Pare a aula ou faça uma pausa se a criança perder o interesse. 
  7. Fale sobre por que aprender sobre finanças é importante. Estudar por diversão é ótimo, mas também é bom ter um motivo convincente. Diga ao seu filho por que as finanças são importantes na vida humana. 

Descarte o estereótipo bobo de que as crianças aprenderão automaticamente tudo o que precisam quando crescerem. Não ignore perguntas relacionadas a dinheiro, mas fale sobre elas abertamente. Qual é o nosso orçamento? Quanto custa isto ou aquilo? Nesta fase, não há necessidade de falar sobre processos financeiros complexos, mas sinta-se à vontade para explicar as coisas básicas e dar exemplos vívidos de sua própria experiência de vida. Este tópico pode não ser fácil de digerir em uma idade precoce, mas tornará a criança mais experiente no futuro. Afinal, um dia as crianças terão que enfrentar o excitante e complicado mundo das finanças por conta própria. Vamos ajudá-los agora!

Compartilhar
Copiar link
Link copiado
ARTIGOS RELACIONADOS
4 min
6 dicas de como se livrar do vício em compras
4 min
O que é o desafio de 52 semanas?
4 min
Como minimizar o estresse financeiro no Natal
4 min
O que é a regra do orçamento 50/30/20?
5 min
Quanto do seu salário você deve economizar?
4 min
5 simples formas de aprender sobre finanças pessoais

Abrir esta página em outro app?

Cancelar Abrir