Como ler gráficos de ações?

Um gráfico de ações é a base da análise técnica durante a negociação em bolsa. Eles servem para avaliar visualmente as tendências nas cotações de um determinado instrumento, prever movimentos de preços e analisar quais posições são mais fortes (oferta ou demanda). Vamos descobrir quais gráficos podemos encontrar e como se tornar um guru na compreensão dos gráficos do mercado de ações.

Interessante! A leitura do gráfico de ações está no centro da análise técnica moderna, fundada no início do século 20 por Charles Dow, fundador do Wall Street Journal e do Dow Jones Index.

Tipos de gráfico de ações

As variedades de gráficos e suas combinações são amplamente utilizadas na negociação por investidores experientes e iniciantes. Naturalmente, entre todas as ferramentas disponíveis, existem muitas que são eficazes apenas para traders com vasta experiência.

Mas existem tipos básicos de gráficos de ações que podem revelar informações sobre um ativo sem complicações desnecessárias — por exemplo, gráficos do mercado de ações. Aqui estão os principais:

Gráfico de linha. Ele representa a imagem mais simples do movimento dos preços, mas ao mesmo tempo reflete apenas um componente (contra: não é suficiente para tomar decisões racionais).

Gráfico de barras. É uma variante visual informativa em que são revelados os principais indicadores de interesse: nomeadamente, os níveis de preços mínimos e máximos para o período de tempo selecionado, bem como os preços de fechamento e de abertura.

Gráfico de ações de velas japonesas. Esta é uma ferramenta popular que exibe os mesmos parâmetros que as barras, mas a visualização é mais conveniente.

Gráficos ponto e figura (tic-tac-toe). Este gráfico também inclui barras de variação de preço, com um zero como uma queda no nível de um determinado número de pontos e uma cruz como um aumento de um valor semelhante.

Histogramas. Eles não são usados ​​separadamente, mas complementam outros gráficos do mercado de ações, mostrando o volume de negócios concluídos. Quanto maior a altura da linha, mais ativo é o giro de um ativo no mercado.

Os três primeiros tipos de gráficos de negociação são os mais usados, então vamos descobrir como lê-los e entendê-los.

Como ler gráficos de linhas?

Então, como ler um gráfico de ações feito como uma linha? Este tipo é o mais fácil: uma linha é desenhada ao longo dos eixos de tempo e preço, refletindo o valor da cotação que fecha o período de negociação. Ele é usado para rastrear a tendência geral, ou seja, se os ativos estão crescendo de preço ou caindo. No entanto, é impossível tomar uma decisão sem estudar informações adicionais. Os prazos ideais variam de um dia a várias horas.

Como ler gráficos de barras?

Também é importante entender como analisar gráficos de barras de ações. A aparência do gráfico é composta por colunas verticais com serifas. Bordas significam os valores das cotações mínimas e máximas. O entalhe à esquerda é o preço de abertura, o entalhe à direita é o preço de fechamento.

Depois de entender as ações, os traders podem visualizar os números exatos passando o cursor do mouse sobre a parte do gráfico de interesse. Cada barra do gráfico de ações representa flutuações de cotação para o período de tempo selecionado — pode ser cinco minutos, uma hora, um dia. No final do próximo período, uma nova linha é formada.

Como ler gráficos de velas japonesas?

Este gráfico é menos popular do que uma linha ou barra, mas é muito mais antigo — sua versão manuscrita foi usada no século 17 na China para vender arroz e contar o preço real!

Se você assumir a tarefa de descobrir como entender as ações, deve prestar atenção às velas japonesas primeiro. O gráfico consiste em retângulos com caudas — estes são os corpos da vela e sua sombra. Cada elemento individual significa flutuações de cotação ao longo de um determinado período de tempo.

O prazo é indicado pelo usuário nas configurações. Ao ler os gráficos de ações, lembre-se de que, como no caso dos gráficos de barras, outra vela geralmente é formada com o início de um novo intervalo.

Visualmente, as velas são percebidas mais facilmente devido à coloração contrastante de seus corpos em caso de aumento e queda de preços. Na versão básica, a cor preta significa que o preço da cotação está diminuindo, a cor branca significa crescente. Um trader pode escolher outros tons acessando as configurações do terminal de negociação.

Conveniência de gráficos diferentes

Toda ferramenta tem seus pontos positivos e negativos. Ao explorar como ler ações, esteja ciente dos prós e contras de cada gráfico:

VantagensDesvantagens
LinhaSimplicidade e visualização clara da tendência geralNão há dados suficientes para tomar uma decisão
BarraAmpla gama de dados disponíveis e visualização detalhada da tendência geralDifícil determinar imediatamente a direção do preço no curto prazo
Velas Japonesas Permite prever a tendência de curto prazo, fornece uma compreensão clara da direção do preço e informações completasDifícil ver as figuras devido à imagem tridimensional

Conclusão

Assim, a leitura do gráfico de ações é uma habilidade básica para todo iniciante. Compreender este tópico não é difícil, mas você terá que gastar muito tempo aprendendo precisamente como analisar ações de forma correta e rápida. Essa habilidade permite que os usuários avaliem a tendência geral e a confiabilidade do instrumento selecionado, bem como confirmem a correção das conclusões da análise fundamentalista.

Compartilhar
Copiar link
Link copied
ARTIGOS RELACIONADOS
8 min
Como fazer análise técnica com diversos prazos para day trading
5 min
Candlesticks de volume: como funcionam e como usá-las
6 min
Como ler gráficos de ações para iniciantes
4 min
O que é a análise técnica dos mercados financeiros?
6 min
Os 10 melhores sinais de candelabros
5 min
5 segredos para análise técnica produtiva