Flat Trading: oscilação

“Flat” ou “Plano”, é uma posição de mercado comum que ocorre dentro ou após fortes tendências. Durante períodos de flat, touros e ursos respiram fundo para decidir para onde direcionar o preço. O flat trading oferece inúmeras oportunidades para abrir e fechar posições. Neste artigo, você encontrará indicadores e estratégias aplicadas utilizar essa técnica.

Quando você duvida que deve aprender novas estratégias e abordagens, lembre-se de Rakesh Jhunjhunwala, um dos investidores e traders de ações mais bem-sucedidos da Índia. Ele acredita em aprender com os erros. Sua famosa frase é: “Os erros são seus amigos de aprendizado. A ideia é manter esses erros pequenos.”

O que são condições planas? 

Os 3 melhores indicadores para utilização em day trading

Um mercado plano é uma situação em que o preço não sobe nem desce. Ele flutua dentro de um intervalo, pois nem os compradores nem os vendedores têm força para impulsionar o mercado.

Tal situação pode acontecer devido a vários motivos. Às vezes, não há eventos importantes que impulsionariam o preço. Em alguns casos, os traders não entram no mercado esperando por eventos vitais que podem impulsionar o preço de qualquer forma. Ou os traders podem perder o interesse em um ativo que é negociado estável, então o preço continua sendo negociado de forma estável por mais tempo. Existem também mercados com baixa volatilidade. A baixa volatilidade causa a falta de tendências sólidas. Assim, um preço plano é uma condição normal de mercado.

Definindo períodos planos: osciladores 

Alguns osciladores podem confirmar períodos de negociação plana. Por exemplo, o Índice de Força Relativa (RSI) geralmente é usado para exibir períodos em que o preço é sobrecomprado ou sobrevendido. Para isso, o indicador deve estar acima do nível 70 ou nível 30, respectivamente. No entanto, quando o indicador flutua dentro do intervalo 30-70 por um determinado período, é sinal de que o preço flutua.

Como usar o indicador de índice de volume negativo (NVI)

Outro oscilador que pode ser implementado é o Accelerator Oscillator. Este indicador mede a probabilidade de continuação do momentum. Consiste em barras que se movem ao redor da linha do meio. Quando as barras se aproximam dessa linha e flutuam em torno dela por um longo tempo, isso reflete os períodos de correção de preços.

7 mitos na negociação que você provavelmente acha que são verdadeiros
É hora de quebrar mitos sobre o trading! Alguns deles estão tão próximos da verdade que você nunca imaginaria que são apenas equívocos populares.
Ler mais

Padrões e estratégias de swing trading

Embora se acredite que mercados altamente voláteis ofereçam mais oportunidades de recompensas, a alta volatilidade traz riscos. A negociação plana pode parecer pouco lucrativa, mas você pode aproveitá-la ao máximo se souber quais estratégias e indicadores aplicar.

Você pode estar confuso, pois o swing trading é uma estratégia de trading separada. No entanto, as oscilações ocorrem após e mesmo dentro de períodos de correção de preços. Assim, o flat e o swing trading estão conectados.

Swing trading é baseado em padrões de gráficos e indicadores que sinalizam uma alta probabilidade de mudança de tendência. Continue lendo para encontrar exemplos de estratégias de trading de swing de análise técnica.

1. Suporte e resistência 

No flat trading, o preço se move dentro de um intervalo enquadrado com níveis de suporte e resistência. O tamanho do intervalo pode ser diferente. Quando o preço se move dentro de uma faixa estreita, as oscilações não oferecem oportunidades para trades bem-sucedidas. No entanto, se o intervalo for amplo, você poderá aplicar a estratégia de suporte e resistência.

A ideia é simples: abra uma negociação quando o preço se recuperar do nível de suporte ou resistência. Para confirmar que os níveis são confiáveis, você deve esperar que o preço os toque pelo menos duas vezes.

Como identificar o fim de uma tendência

Abra uma posição de venda no nível de resistência. Coloque uma ordem de stop-loss ligeiramente acima do limite de resistência. Coloque uma ordem de realizar lucro no nível de suporte. Uma estratégia semelhante pode ser usada para uma tendência de alta. Abra uma posição longa no nível de suporte e coloque uma ordem para realizar lucro no nível de resistência. Uma ordem de parada deve ser criada um pouco abaixo da linha de suporte.

2. Retrações de Fibo 

Esta estratégia é uma reminiscência da anterior porque o indicador de retração de Fibonacci determina os níveis de suporte e resistência. Os níveis de Fibo mais comuns são 23,6%, 38,2%, 50%, 61,8% e 78,6%.

Após uma tendência de alta, o preço deve ser corrigido dentro da faixa de 0% -50% com níveis de 0%, 23,6%, 38,2% e 50% servindo como limites de suporte e resistência. Quando o preço cai abaixo do nível de 50%, a correção termina. Assim, um trader pode esperar uma reversão de preço.

Após uma tendência de baixa, o preço deve ser corrigido dentro da faixa de 0% -50% com retrações de 0%, 23,6%, 38,2% e 50% servindo como níveis de suporte e resistência. Quando o preço sobe acima do nível de 50%, a correção termina. Um trader pode esperar uma reversão de tendência.

A ideia é semelhante: você deve comprar quando o preço se recuperar do nível de suporte e vender quando reverter do limite de resistência.

3. Padrões de reversão 

Quais são os indicadores de flat trading mais populares?

Outra opção para combinar a estratégia de flat e swing trading é negociar em padrões de reversão. Os padrões se formam no final da tendência. É um fato bem conhecido que o preço corrige por um tempo antes de formar uma nova tendência. Este é um período de flat trading. Quando o preço confirma uma reversão, é uma oportunidade para aplicar a estratégia de swing.

Os padrões de reversão mais comuns são cabeça e ombros, cabeça e ombros invertidos, topo/fundo duplo, topo/fundo triplo e cunha descendente/subida. Os movimentos de preços dentro de qualquer um desses padrões serão considerados flat trading.

A ideia é abrir uma negociação após a formação do padrão e os indicadores confirmarem uma tendência de reversão. Cada padrão tem suas próprias regras que definem a intensidade dos movimentos de preços após a reversão da tendência. Para aplicar padrões de reversão para negociação de swing, você deve definir qual deles mais combina com você e quais regras eles implicam.

Conclusão

Embora flat trading não pareça lucrativo, é uma parte vital dos movimentos de preços. Uma das principais características do flat trading é a baixa volatilidade. No entanto, se você souber combinar condições de mercado lateralizados com análise técnica e estratégias de swing trading,  você poderá aproveitá-las ao máximo.

Curtir
Compartilhar
Copiar link
Link copiado
Go
Clique em Girar e deixe a roda escolher seu artigo do dia!
ARTIGOS RELACIONADOS
5 min
Como usar médias móveis para comprar ações
4 min
Como começar a negociar com indicadores
4 min
Os 5 principais indicadores de negociação para todo trader iniciante
4 min
Os 3 melhores indicadores técnicos para traders iniciantes
6 min
O indicador Buffett. O que é?
4 min
5 melhores indicadores de negociação para swing traders

Abrir esta página em outro app?

Cancelar Abrir