EBITA

No artigo a seguir, vamos discutir o que é o EBITA e como calculá-lo. Também abordaremos outras perguntas frequentes relacionadas ao EBITA, como a diferença entre EBITA e EBITDA, entre outras coisas.

O que é o EBITA?

Todos os investidores usam o EBITA (também é conhecido como LAJIA em português), que é o lucro antes de juros, impostos e amortização), para estimar o quão lucrativa é uma empresa. Isso ajuda a comparar empresas do mesmo setor. Também pode oferecer uma imagem muito mais realista do desempenho geral da empresa. Isso preocupa os investidores, pois o EBITA ajuda a avaliar possíveis pagamentos de dividendos.

O principal:

Os fundamentos de ações e como eles funcionam
  • O EBITA elimina os juros da dívida da empresa, bem como os impactos da amortização, que se refere à prática contábil de deduzir as despesas de um ativo intangível ao longo do tempo do cálculo da receita.
  • O EBITA pode simplificar a comparação de diferentes empresas que operam no mesmo setor.
  • Uma imagem mais realista do desempenho de longo prazo de uma empresa pode ser obtida usando essa métrica.
  • Entendendo o que é o EBITA

    Alguns investidores e analistas acreditam que o EBITA de uma empresa é um indicador mais apropriado de seus retornos reais. Retira do cálculo os impactos dos juros sobre a dívida corporativa, impostos devidos e amortização.

    Uma vantagem é que esclarece quanto dinheiro uma empresa pode reinvestir em si mesma ou pagar dividendos. É também uma medida de quão bem o negócio está indo.

    Calculando o EBITA

    Você deve primeiro determinar os ganhos antes dos impostos (EBT) da empresa para calcular o EBITA de uma empresa. As demonstrações financeiras da empresa, além de outros documentos de relações com investidores, incluem essa métrica. Em seguida, você deve adicionar quaisquer taxas de impostos e amortizações a essa quantia.

    Transforme essas informações em capital na Binomo!
    Começar a ganhar

    Veja como a equação deve ficar:

    EBITA = EBT + Despesas de Amortização + Despesas de Juros

    4 hacks mentais que mudarão sua negociação para melhor
    Você deseja melhorar sua negociação mudando a maneira como enxerga os mercados? Aprenda 4 truques mentais que podem ser aplicados imediatamente.
    Ler mais

    EBITA versus EBITDA

    EBITDA é o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (também é conhecido como LAJIDA em português). O EBITDA, que incorpora a depreciação na equação, é usado com mais frequência do que o EBITA.

    Manipulação do mercado de ações em resumo

    Na contabilidade, a depreciação documenta o declínio no valor dos ativos tangíveis de uma empresa ao longo de vários anos. É um método de contabilização de ativos tangíveis depreciados, como máquinas e edifícios. Algumas empresas, incluindo aquelas nos setores de manufatura, serviços públicos e telecomunicações, precisam investir em infraestrutura e equipamentos, conforme refletido em suas demonstrações financeiras.

    O EBITDA e o EBITA são indicadores úteis dos índices de lucratividade de uma empresa. Rentabilidade refere-se à quantidade de dinheiro ganho durante as operações comerciais regulares. O total de ganhos oficiais poderia ser reduzido por gastos de capital e encargos financeiros para representar melhor a lucratividade da empresa.

    O EBITA pode distorcer a lucratividade de uma empresa porque exclui a depreciação de certos ativos. Portanto, o EBITDA às vezes é o melhor método para avaliar o índice de lucratividade de uma empresa. Mas analistas, credores e investidores usam ambos em seus cálculos.

    Receita EBITA e GAAP versus Receita não-GAAP

    As receitas GAAP (do inglês, generally accepted accounting principles) são uma lista de regras universalmente reconhecidas e empregadas por empresas e seus departamentos de contabilidade. As informações contábeis das empresas de capital aberto são padronizadas por meio dos resultados do GAAP.

    A Taxa de Crescimento Anual Composta (CAGR)

    Muitas empresas divulgam resultados GAAP e não-GAAP, que não incluem custos pontuais substanciais. A justificativa para apresentar resultados não-GAAP é que despesas ocasionais significativas, como reorganização organizacional, podem distorcer a imagem genuína do desempenho financeiro de uma empresa e não devem ser vistas como despesas operacionais de rotina. Exemplos de medidas financeiras não-GAAP frequentemente utilizadas incluem EBITA, EBITDA e EBIT (a receita antes de juros e impostos).

    Qual a diferença entre os termos EBITA e EBITDA?

    Tanto o EBITA quanto o EBITDA são duas medidas usadas por investidores e credores para determinar a lucratividade de um negócio. No entanto, o EBITDA é mais comumente usado porque contém informações sobre a amortização dos ativos tangíveis de uma empresa. Ele determina com mais precisão a lucratividade da empresa, o que é essencial para algumas indústrias (por exemplo, utilidades ou setores agrícolas).

    Onde achar o EBITA de uma empresa?

    Você pode obter essa métrica verificando os documentos financeiros da empresa. Examine os dados sobre ganhos, impostos, valores de juros e amortização. Para chegar rapidamente ao EBITA, comece com o lucro operacional, também conhecido como lucro antes do imposto (EBT), e depois adicione a amortização.

    Para que serve o EBITA?

    O EBITA mostra quanto dinheiro uma empresa tem e se ela pode reinvestir em si mesma e pagar dividendos aos investidores. Também pode mostrar o quão bem o negócio está sendo gerenciado.

    Geral

    5 dicas sobre como realmente aproveitar o processo de negociação

    O EBITA se enquadra na categoria “não-GAAP”, o que significa que não é o indicador mais confiável sobre a saúde financeira de uma empresa. O EBITA pode criar a impressão de que uma empresa está indo bem quando não está, caso tenha uma grande dívida ou manipule os cronogramas de amortização para exagerar os ganhos. Os investidores podem se encontrar em uma situação difícil ao perceber os fatos. Embora o EBITA indique o lucro total de uma empresa em um determinado período, ele deve ser usado com outras medidas para obter uma visão completa de seus negócios.

    Curtir
    Compartilhar
    Copiar link
    Link copiado
    Go
    Clique em Girar e deixe a roda escolher seu artigo do dia!
    ARTIGOS RELACIONADOS
    4 min
    5 dicas que podem melhorar suas negociações agora
    4 min
    6 dicas úteis para negociar com confiança em todos os mercados
    6 min
    7 dicas de como sobreviver ao seu primeiro ano como trader
    6 min
    Índice de cobertura de juros
    2 min
    O que um gráfico com alta velocidade vale para um trader?
    6 min
    Ações corporativas: tudo que você precisa saber

    Abrir esta página em outro app?

    Cancelar Abrir