Ações corporativas: tudo que você precisa saber

Nesta revisão, discutiremos todos os tipos de ações corporativas com exemplos sem quaisquer arquivos pdf ou guias adicionais e forneceremos as informações mais recentes sobre cada um deles. Mas, vamos começar com o básico.

O que é uma ação corporativa?

Ações corporativas são eventos que ocorrem na vida de uma empresa e que afetam seus acionistas. Podem incluir a emissão de novas ações, a declaração de um dividendo ou a realização de uma fusão ou aquisição. Cada ação corporativa é uma fonte essencial de percepção da saúde financeira e do futuro a curto prazo de uma empresa.

Exemplos de ações corporativas

Os fundamentos de ações e como eles funcionam

As ações corporativas incluem ações e divisões inversas, dividendos, fusões e aquisições, questões de direitos e spin-offs. Estas decisões críticas geralmente não ocorrem sem a aprovação do conselho de administração e dos acionistas da empresa.

Para tomar a melhor decisão para sua carteira de investimentos, você deve estar ciente das próximas e mais recentes ações corporativas. Você pode encontrar informações nas notícias e no website da empresa.

Os principais tipos de ações corporativas 

Há dois principais tipos de ações corporativas: obrigatórias e voluntárias. A ação obrigatória é iniciada pelo conselho de administração da empresa, enquanto a ação voluntária ocorre quando os acionistas decidem participar da ação.

No primeiro caso, a reação dos acionistas não é importante. Exemplos de ações obrigatórias incluem eventos tais como fusões e desdobramentos de ações.

No segundo caso, a empresa não pode agir sem a reação dos acionistas. Exemplos de ações corporativas voluntárias incluem questões de direitos e ofertas abertas.

Todos os tipos de ações corporativas têm diferentes implicações para os acionistas. Por exemplo, um desdobramento de ações geralmente resulta em acionistas que possuem mais ações com um menor valor por ação, enquanto uma fusão poderia ver duas empresas combinando suas operações e ativos. É importante entender os impactos potenciais de cada tipo de evento antes de tomar qualquer ação.

O desdobramento de ações 

6 dicas úteis para negociar com confiança em todos os mercados

Um dos tipos mais comuns de ações corporativas é o desdobramento de ações. Isto acontece quando o conselho de administração de uma empresa decide aumentar o número de ações em circulação, dividindo cada ação em várias partes. Por exemplo, se uma empresa fizer um desdobramento de duas ações em um, cada acionista acabará com o dobro do número de ações que tinha antes.

Os desdobramentos de ações podem ser obrigatórios ou voluntários, mas geralmente são feitos voluntariamente para tornar as ações mais acessíveis e aumentar a liquidez.

10 sinais de que você será bem sucedido como trader
Muitos traders têm certos traços naturais que os tornam bem-sucedidos. Outros precisam se esforçar para desenvolvê-los. Descubra quais você tem!
Ler mais

A divisão reversa

Este evento obrigatório ocorre quando o preço das ações de uma empresa cai abaixo de um certo nível. Para aumentar o preço de suas ações, a empresa reduzirá o número de ações em circulação, consolidando-as em ações menores e mais valiosas. Por exemplo, se uma empresa tem 100 milhões de ações em circulação e completa uma divisão reversa, ela teria apenas 50 milhões de ações em circulação.

Embora isto possa parecer uma má notícia para os acionistas, não é necessariamente assim. A principal razão é que o preço das ações normalmente aumentará após uma divisão reversa, já que menos ações estão agora disponíveis no mercado. Isso pode levar a um aumento no valor do seu investimento.

No entanto, também pode haver desvantagens. Por exemplo, uma divisão reversa pode ajudar a recuperação do preço das ações de uma empresa a curto prazo, mas também pode sinalizar aos investidores que a empresa está com problemas e pode não ser um bom investimento a longo prazo.

Dividendos

7 maneiras de não perder seu depósito no primeiro dia

Outro tipo comum de ação corporativa é um dividendo. Um dividendo é uma distribuição dos lucros de uma empresa aos acionistas, que pode ser em fondos ou ações. Os dividendos são normalmente pagos trimestralmente, mas também podem ser pagos anualmente ou de acordo com a necessidade.

Os dividendos em fondos são o tipo de dividendo mais comum, e são pagos a partir dos lucros de uma empresa. Por exemplo, se uma empresa ganhou US$ 100 milhões no ano passado, ela pode declarar um dividendo em fondos de US$ 0,50 por ação. Isso significa que cada acionista receberia 50 centavos por cada ação que possuísse.

Por outro lado, os dividendos das ações são pagos em ações em vez de fondos. Assim, se uma empresa tem 100 milhões de ações em circulação e declara um dividendo de 20%, cada acionista receberia 20 ações adicionais.

Spin-off 

Um spin-off é um tipo de ação corporativa na qual uma empresa divide uma parte de seus negócios para formar uma empresa nova e independente. Os spin-offs são frequentemente realizados para destravar valor para os acionistas ou para concentrar a empresa matriz em suas operações principais. Elas também podem ser usadas como estratégias de planejamento tributário.

7 dicas sobre como superar a dúvida e o medo na negociação

Os spin-offs podem ser parciais ou completos. A matriz mantém uma participação de controle na nova empresa em uma spin-off parcial. Este tipo de spin-off é frequentemente usado para permitir aos acionistas investir em uma parte específica do negócio sem vender suas ações na empresa controladora. Por outro lado, um spin-off completo resulta na separação completa das duas empresas.

Os acionistas normalmente recebem ações da nova empresa em um spin-off. Eles também podem ser autorizados a trocar suas ações na empresa matriz por ações da nova empresa. Os termos de cada spin-off são únicos e serão determinados pelo conselho de administração da empresa controladora.

Atenção! Uma ação corporativa como um spin-off geralmente ocorre em um estágio de maturidade no ciclo de vida de uma empresa.

Questões de direitos

A questão dos direitos se dá na forma de um desdobramento de ações. Ela dá direito aos acionistas existentes de comprar ou receber ações adicionais ou novas ações da empresa antes de sua oferta pública. Esta ação corporativa é uma excelente oportunidade para que os acionistas aproveitem um novo e promissor desenvolvimento.

Fusões e aquisições

As fusões e aquisições são quando duas empresas se fundem em uma só. Os acionistas de ambas as empresas geralmente recebem ações da nova empresa, embora os termos exatos possam variar dependendo do negócio.

As fusões e aquisições podem ser amigáveis ou hostis. No primeiro caso, ambas as empresas concordam com o negócio, e os acionistas votam a favor do mesmo.

Mercado de opções para iniciantes

Uma fusão hostil é quando uma empresa tenta tomar conta de outra sem a aprovação de seus acionistas. Ela pode muitas vezes levar a uma longa e arrastada batalha entre as duas empresas, com os acionistas sendo apanhados no meio.

Conclusão 

Os riscos associados às ações corporativas podem ser significativos, portanto, você deve entender o que são e como funcionam.

As ações corporativas podem ter um impacto significativo no valor de seu investimento, por isso é essencial manter-se atualizado sobre todos os próximos eventos. Se necessário, vale a pena consultar um consultor financeiro, ponderando os riscos e benefícios potenciais.

Curtir
Compartilhar
Copiar link
Link copiado
Go
Clique em Girar e deixe a roda escolher seu artigo do dia!
ARTIGOS RELACIONADOS
4 min
5 dicas que podem melhorar suas negociações agora
5 min
7 dicas de negociação Forex que você pode usar imediatamente
4 min
6 dicas úteis sobre como reduzir o estresse ao negociar
5 min
O que é um hedge e como utilizá-lo para investir
6 min
9 dicas para traders iniciantes
4 min
Manipulação do mercado de ações em resumo

Abrir esta página em outro app?

Cancelar Abrir