9 dicas para gerenciar suas emoções de negociação e obter lucros

As emoções de negociação podem afetar seriamente as decisões que você toma ao negociar. A maneira como você reage a uma perda pode ter um enorme impacto na maneira como você dá o próximo passo. Se você está se perguntando como controlar as emoções de negociação, você veio ao lugar certo. Dê uma olhada e veja se nosso artigo ajuda.

Como as emoções e a psicologia de negociação afetam as negociações?

Vamos começar com a pergunta ‘o que é negociação emocional?’ Os negociadores iniciantes podem não saber ter um plano antes de começar a negociar. Então, eles entram nisso pensando que sua intuição é suficiente, mas negociar não é sobre intuição.

Visão geral da inflação e seus tipos: o que é e como controlá-la

Fazer trading é um negócio e todo negócio requer uma estratégia. Para aprender a lidar com emoções de negociação, você precisa aprender que tipo de estratégias você pode implementar para lidar com cada situação.

Tipos de emoções que os traders experimentam

A ganância é a pior emoção ou sentimento que os traders têm que pode derrubá-los. Mesmo que você seja ótimo em gerenciamento de riscos, a ganância pode levá-lo a fazer mais negócios em vez de se ater às suas paradas.

Emoção, nervosismo e confiança estão entre algumas das outras emoções que os traders podem sentir durante uma negociação particularmente interessante.

4 hacks mentais que mudarão sua negociação para melhor
Você deseja melhorar sua negociação mudando a maneira como enxerga os mercados? Aprenda 4 truques mentais que podem ser aplicados imediatamente.
Ler mais

9 dicas para controlar suas emoções

Aqui estão algumas das melhores dicas que podemos encontrar para ajudá-lo a manter uma cara séria quando estiver negociando:

O conceito de consolidação
  1. Gerencie as expectativas: Quando você começa a negociar, não há razão para pensar que cada ativo em que você investe o levará à lua. Negocie pequeno, então quanto menos dinheiro você alavancar, menores serão suas chances de incorrer em perdas.
  2. Defina um limite de gastos: não se emocione se começar a ter perdas. Cometer alguns erros que levam a perdas é normal. Mas você deve ter um ponto definido no qual você pararia em vez de deixar suas emoções de negociação dizerem para você parar.
  3. Estabeleça uma estratégia: antes de entrar no mercado, crie uma estratégia para você e talvez faça anotações em seu diário à medida que avança. Isso evitará que você cometa muitos erros que poderiam acontecer se você fosse cego. 

Claro, a estratégia nunca será 100% eficaz. Mas ter uma estratégia em primeiro lugar elimina a necessidade de você se emocionar desnecessariamente quando se depara com uma situação que pode não ser favorável.

  1. Seja menos reativo: se as coisas não acontecerem do seu jeito, reagir com raiva sem dúvida o levará a incorrer em mais perdas. Seu foco deve ser recuperar suas perdas dando um passo para trás e restabelecendo uma estratégia nova e aprimorada.
  2. Diversifique suas negociações: não se apegue a uma negociação que pareça desfavorável para você esperando que ela dê lucro. Se você não aceitar a perda inicial, há uma chance de incorrer em uma perda ainda maior.

Diversificar suas negociações também leva a menos perdas. A diversificação é um dos elementos-chave da gestão de riscos. Mesmo se você estiver negociando em uma classe de ativos, considere alongar seu portfólio para se expor a mais lucro potencial.

  1. Faça uma pausa, se necessário: Faça pausas a cada poucas horas e deliberar sobre seu próximo curso de ação. Isso lhe dará uma nova perspectiva sobre os negócios que anteriormente poderiam tê-lo intrigado.
O que é diligência devida?
  1. Não negocie dinheiro que você não tem: esta é a dica mais importante de todo este artigo. Trading é um negócio volátil e, se você não tiver um plano sólido, há uma boa chance de as coisas não saírem do seu jeito. Se você começar a negociar o dinheiro que economizou para comprar uma casa ou um carro varrido em suas emoções de negociação, você praticamente perde tudo se cometer um erro.
  2. Não entre em pânico: relaxe sua mente e consulte sua estratégia. Se você entrar em pânico após uma perda, começará automaticamente a tomar decisões erradas que eventualmente o levarão à perda. Em vez disso, faça as pazes com a perda e procure melhorar sua estratégia para que a mesma coisa não ocorra novamente.
  3. Atenha-se ao seu plano: Como já dissemos, entrar em pânico leva a decisões equivocadas e erros. Se você criou uma estratégia de antemão, cumpra-a e faça alterações apenas quando necessário.

Quando você fizer seu plano, certifique-se de planejar todos os resultados possíveis que você possa imaginar. Isso reduzirá a necessidade de você envolver suas emoções ao negociar, porque você já terá instruções sobre o que fazer.

Resumindo

Gerenciar suas emoções, quando você negocia, é muito mais fácil dizer do que fazer. Investir em um ativo em si exige que você dedique um pouco de suas emoções a ele. Mas ser capaz de capitalizar o ativo sem se perder nessas emoções é a chave para ser um bom trader.

Curtir
Compartilhar
Copiar link
Link copiado
Go
Clique em Girar e deixe a roda escolher seu artigo do dia!
ARTIGOS RELACIONADOS
2 min
O que um gráfico com alta velocidade vale para um trader?
5 min
5 dicas sobre como realmente aproveitar o processo de negociação
4 min
5 dicas que podem melhorar suas negociações agora
8 min
Mercado de opções para iniciantes
4 min
7 dicas para evitar negociar o P&L
4 min
Ações corporativas: tudo que você precisa saber

Abrir esta página em outro app?

Cancelar Abrir