7 regras de ouro na negociação

Muitos traders procuram orientação e regras para ajudá-los a ter sucesso. E embora o sucesso na negociação não possa ser garantido, existem alguns princípios que a maioria dos traders profissionais segue.

Tomemos o ouro, por exemplo. O ouro tem sido um ativo de refúgio para muitos traders. Curiosidade: havia tanto ouro descoberto durante a Corrida do Ouro na Califórnia em 1848-1855 que alguns especuladores pagaram mais pela água do que receberam pelo ouro. Desde então, seu preço se estabilizou e ele é considerado um bom hedge contra o risco de inflação.

Taxa Eurodólar e o mercado: 3 maneiras inteligentes de negociar

Falando de ouro e especuladores, existem algumas regras de ouro de negociação que você deve seguir:

1. Escreva seu plano de negociação

Escrever as coisas não apenas o ajuda a lembrá-las, mas também o mantém mais focado. É um exercício inestimável para esclarecer suas ideias, necessidades e objetivos e entender a quantidade de tempo, fundos e recursos que você precisará ao longo do caminho. Você organizará as coisas maiores (seus marcos de longo prazo) e os detalhes (os passos exatos que você dará na negociação).

Outro benefício de escrever suas regras de negociação é que você pode ajustá-las facilmente e acompanhar as alterações. Vincule-as ao seu diário de negociação para que você possa analisar os dois documentos lado a lado e avaliar os pontos fracos do seu plano.

2. Domine uma ferramenta de cada vez 

Existem inúmeras ferramentas de gráficos, indicadores, estratégias, ativos e mercados para aprender que você precisará praticar um a um. Caso contrário, você fará um trabalho ruim (ou seja, não aprenderá a usar a nova ferramenta corretamente) ou ficará sobrecarregado.

Quando você começa a praticar uma nova ferramenta, será necessário um esforço consciente para lembrar o que é e como funciona. Com o tempo, ficará mais fácil e o novo hábito se tornará uma rotina normal.

Como abrir uma conta de trading

A negociação já exige que você armazene muitas informações em sua mente. Você não quer se sobrecarregar mais do que o necessário.

3. Siga os gráficos, não a multidão 

“Simplesmente tentamos ter medo quando os outros são gananciosos e ser gananciosos apenas quando os outros estão com medo.”

Warren Buffet

A mentalidade de manada é seu pior inimigo. Você pode gostar do conforto de seguir a multidão porque não precisa analisar o mercado e escolher o próximo passo. Mas no final do dia, você é o responsável pelos resultados, seja lucro ou prejuízo.

Você não sairia na rua sem olhar para os dois lados, certo? Então você não deve investir seu capital sem alguma tomada de decisão individual.

10 sinais de que você será bem sucedido como trader
Muitos traders têm certos traços naturais que os tornam bem-sucedidos. Outros precisam se esforçar para desenvolvê-los. Descubra quais você tem!
Ler mais

4. Não se apegue aos seus ativos

As regras de um trader não o proíbem de se preocupar com seu portfólio e seu valor. Mas não cruze a linha do território de negociação emocional—esteja preparado para se livrar de seus ativos a qualquer momento sem ferir seus sentimentos.

Se você não consegue quebrar o hábito de se apegar emocionalmente aos seus ativos, pode ser necessário mudar completamente sua abordagem de negociação. É possível que você esteja comprando ativos pelos motivos errados (por exemplo, comprando uma ação da empresa porque gosta do CEO), está investindo demais ou não conhece sua tolerância ao risco.

5. Não tente o empate 

O que são títulos no mercado de ações?

Você quer tornar seus negócios vencedores. Mas isso significa que você não tolerará perdas, venderá ativos perdedores ou continuará fazendo negócios até atingir o ponto de equilíbrio? Bem, não deveria ser assim.

Existe um viés cognitivo chamado aversão à perda – a dor de perder é maior que o prazer de ganhar, encapsulado na expressão “as perdas são maiores que os ganhos”. Esse viés pode levá-lo ao caminho errado de tentar evitar perdas em vez de minimizá-las.

Não tenha medo de admitir que cometeu um erro de julgamento. É melhor para você apenas sofrer por uma causa, perceber suas perdas de capital e seguir em frente.

6. Não se justifique

De certa forma, justificar-se faze com que os erros pareçam mais aceitáveis. Considere o seguinte: se você tiver uma lista de desculpas preparada, ficará tentado a recorrer a qualquer uma delas toda vez que uma negociação der errado. Mas se você não tiver sua lista, será forçado a realizar sessões de análise de erros e aprender ativamente com negociações ruins.

Não invente razões pelas quais você não conseguiu ou não terá sucesso. Ou treine-se para ver essas razões como trampolins para melhores negócios. Se você estava muito cansado, corrija seu horário de sono; se o mercado for muito complicado, negocie outro ativo que você entenda melhor.

7. Afaste-se após grandes vitórias ou grandes perdas 

Depois de uma grande vitória, a confiança pode ser alta; depois de uma grande perda, a confiança pode ser baixa. E ambos os estados de espírito não são adequados para negociação. Isso pode levar a todos os tipos de erros de negociação:

5 dicas de gerenciamento de risco que irão aperfeiçoar sua negociação
  • Manter suas posições por muito tempo ou sair muito rápido 
  • Entrar em mais negócios do que deveria ou perder oportunidades por medo de perder 
  • Aumentar o tamanho (e o risco) de suas negociações ou comprar muito pouco para gerar resultados significativos 

Isso conclui a lista de regras básicas de negociação que você precisa seguir em qualquer estágio de sua carreira. Dois conselhos finais antes de ir embora: mantenha-se motivado e defina metas realistas!

+2 Curtir
Compartilhar
Copiar link
Link copiado
Go
Clique em Girar e deixe a roda escolher seu artigo do dia!
ARTIGOS RELACIONADOS
5 min
Como fazer trading on-line
4 min
O que é considerado day trade?
3 min
O que significa pato manco no mercado de ações?
4 min
O que são gaps de negociação?
3 min
Como abrir uma conta no mercado de ações
4 min
Como decider quais ações compra?

Abrir esta página em outro app?

Cancelar Abrir