7 verdades financeiras que vale a pena aprender desde jovem

E se você descobrisse que pessoas em todo o mundo estão adiando suas aposentadorias porque não tinham nenhum ou pouco conhecimento dos seus planejamentos financeiros na casa dos 20 anos? Em 1996, menos de 46% das pessoas de 60 a 64 anos estavam trabalhando. Em 2016, essa participação foi de 56%. Em 2026, espera-se chegar a quase 60%.

Sorte é o que acontece quando a preparação encontra a oportunidade. Se você quer um relacionamento saudável e de sorte com suas finanças, é melhor se preparar desde muito jovem. Nunca é tarde para aprender e nunca é cedo demais. Aqui estão 7 verdades que você pode aprender agora.

1. Invista em sua educação primeiro 

5 dicas de gerenciamento de risco que irão aperfeiçoar sua negociação

Nada vai lhe render mais do que a educação. Todos nós já ouvimos histórias incríveis sobre estrelas pré-adolescentes do TikTok se tornando bilionários e magnatas e influenciadores da indústria da beleza com renda de 8 dígitos. Não confie nas emoções, confie nas estatísticas. A educação é a maneira mais fácil de lhe fornecer um emprego decentemente remunerado, que lhe dará uma base estável para seus contracheques. Não só lhe dará algum dinheiro, mas também lhe ensinará disciplina, responsabilidade e melhorará suas habilidades de comunicação. Mas primeiro – educação. Você é livre para escolher entre tipos formais, informais ou até não formais.

Dica: Tente não demorar para pagar seu financiamento estudantil. Pode demorar anos e anos e te impedir de realizar investimentos futuros.

2. Concentre-se em construir uma base sólida

Estabeleça metas de longo prazo junto com metas de curto prazo. O que você gostaria de ter agora? Um novo MacBook Pro, tênis Jordan ou um carro chique ou algo mais importante e substancial (casa, fundo de aposentadoria)? Quais são as prioridades? Quando você gostaria de alcançar essas conquistas? Estes questionários simples, porém, eficazes, vão te ajudar a manter controle sobre o seu dinheiro. Reserve um tempo para anotar suas metas financeiras – tanto de curto quanto de longo prazo. Em seguida, elabore um roteiro realista para chegar a esses objetivos.

Dica: Tente evitar compras aleatórias e compras impulsivas. Recomendamos fortemente começar a poupar para objetivos maiores, assim como evitar créditos com juros altos. Lembre-se que os bancos podem te enganar facilmente com uma taxa de juros aparentemente baixa em alguns empréstimos.

3. Construa sua história de crédito

Como comprar ações na bolsa de valores

Seu passado de crédito determina seu futuro de crédito. Uma boa história de crédito é absolutamente necessária quando você solicita um financiamento para comprar algumas coisas caras, como uma casa nova ou para fazer a reforma de sua propriedade atual. Considere ter dois ou mais cartões bancários e mostre sua capacidade de cumprir todos os prazos nos pagamentos. Mesmo que você tenha dinheiro (e deveria!), use cartões de crédito para se estabelecer como digno de crédito. Seu registro de crédito é mantido por anos por agências de crédito. Se você tiver problemas para pagar empréstimos ou dívidas de cartão de crédito, esse registro irá prejudicar suas chances de obter crédito no futuro.

Dica: Pense em pagamentos recorrentes ou automáticos com o seu cartão bancário.

4 hacks mentais que mudarão sua negociação para melhor
Você deseja melhorar sua negociação mudando a maneira como enxerga os mercados? Aprenda 4 truques mentais que podem ser aplicados imediatamente.
Ler mais

4. Planeje seu future financeiro sem ilusões

Esteja atento e economize para o futuro distante, como previdências privadas individuais ou planos para aposentadoria. A pandemia recente mostrou como os tempos inesperadamente difíceis podem vir. Catástrofes naturais, doenças próprias ou de seus familiares, morte súbita de seus entes queridos podem facilmente atrapalhar seus planos, por isso é melhor estar preparado. Quando você tem uma almofada financeira, não precisa se preocupar tanto quando surgem contas inesperadas.

Compre seguro – seguro de saúde, automóvel, residencial e de vida pode protegê-lo de dificuldades financeiras em caso de acidentes ou doenças.

Uma recomendação surpreendentemente simples: certifique-se de gastar menos do que ganha.

Dica: Economize pelo menos 20% de todos os cheques e pagamentos que você recebe.

5. Você pode ter mais dinheiro, mas você não pode ter mais tempo (e mais vida)

O tempo é o único bem que você nunca pode e sob nenhuma circunstância economizar e voltar atrás, o tempo é seu recurso mais valioso. Muitas pessoas dizem que tempo é dinheiro, mas não é, você nunca pode ganhar seu tempo de volta.

Viver o momento é muito mais importante do que todo o dinheiro do mundo.

Dica: Não empreste dinheiro às pessoas porque dinheiro faz amigos e acaba com as amizades. 

6. Invista e crie o seu portfolio

Um guia para iniciantes em gestão de dinheiro em 2022

Seu dinheiro rende juros, então seus juros rendem juros. Com o tempo, os juros compostos ajudam o seu capital a crescer mais rápido, portanto, quanto mais cedo você começar a construir seu portfólio, melhor.

Seja uma startup ou um instrumento financeiro sofisticado, aprenda sobre os riscos primeiro.

Lembre-se que altos retornos significam altos riscos. Um alto retorno sobre o investimento normalmente significa que você terá que assumir riscos maiores. Considere investir em curto prazo (uma conta do mercado monetário ou títulos de curto prazo). Além disso, as melhores contas bancárias ou cooperativas de crédito podem valer a pena serem consideradas.

Diversificar seus investimentos pode distribuir esse risco, protegendo-os.

Fique curioso e nunca pare de se educar sobre os tipos e métodos de investimento, aprenda o básico de contabilidade e investimento. Use opções acessíveis para fazer pesquisas – leia livros, inscreva-se em webinários, faça uma aula ou curso, use plataformas educacionais.

Regra de ouro: comece a investir quando sua almofada financeira permitir que você viva com renda zero de 3 a 6 meses (é claro que você tem uma renda estável agora. Nunca invista de estômago vazio).

Pense no dinheiro como uma ferramenta. Tirar o máximo proveito de qualquer ferramenta significa saber como usá-la de forma adequada e responsável.

Dica: Não ignore o conteúdo gratuito, existem toneladas de canais gratuitos sobre investimentos, ETFs, ações e trading no YouTube, assim como materiais gratuitos na Internet, incluindo este blog. 

7. Desfrute de compras inteligentes!

5 formas de aprender a negociar

Construir um relacionamento inteligente e saudável não significa que você não deve se mimar às vezes e se intimidar por qualquer tipo de amor-próprio e autocuidado que implique alguns gastos. Todos nós sabemos a diferença entre gastar e desperdiçar, certo? A estratégia Desejo vs Necessidade pode não funcionar o tempo todo.

Brechós beneficentes, cupons, frete grátis, ofertas e promoções, saldos, presente com compra, programas de fidelidade com acúmulo de pontos tornam suas compras mais econômicas. Há um monte de serviços de cashback no mercado, pense em Rakuten, BeFrugal – só para citar alguns. Comprar itens reformados é uma maneira fantástica de fazer compras sem se sentir culpado.

Dica: Fique longe de desperdiçadores de dinheiro, algumas pessoas não são modelos a seguir.

E a última, mas definitivamente não menos importante, verdade financeira como um bônus para este artigo. Considere doações. Algumas pessoas precisam sobreviver e não prosperar. Doe para comunidades locais, igrejas, pessoas em necessidades e famílias de baixa renda. Esta será a ideia mais gentil e amorosa que podemos dar a você como mídia especializada em finanças.

Compartilhar
Copiar link
Link copiado
Go
Clique em Girar e deixe a roda escolher seu artigo do dia!
ARTIGOS RELACIONADOS
4 min
O que é hedge no mercado de ações?
5 min
ETF vs fundo mútuo: o que você deve saber
3 min
Como começar a negociar no mercado de ações
5 min
7 regras de ouro na negociação
3 min
Como comprar ações on-line na Índia
3 min
Como comprar ações on-line sem uma corretora

Abrir esta página em outro app?

Cancelar Abrir